Combate no oeste do Afeganistão deixa 14 mortos

Quatro insurgentes detonaram os coletes com bombas que usavam, matando dez soldados

Efe

09 Maio 2010 | 06h53

Dez insurgentes e quatro milicianos partidários do governo afegão morreram no transcurso de um combate e da posterior intervenção das tropas afegãs e dos Estados Unidos na região afegã de Herat (oeste), informou uma fonte militar.

 

O fato aconteceu no sábado, 8,, no distrito de Shindand, quando membros de uma milícia afim ao governo contiveram a tiros um grupo de talebans que se dispunham a atacar uma base militar dos EUA na região, disse o comandante afegão Zainudin Sharifi.

 

Os fundamentalistas derrotaram os membros da milícia e decapitaram quatro deles, mas mais tarde as tropas afegãs e dos Estados Unidos chegaram ao lugar do combate, matando os dez supostos insurgentes.

 

Segundo Sharifi, quatro dos insurgentes mortos detonaram seus coletes carregados de explosivos durante o tiroteio.

 

Shindand é o distrito mais conflituoso da província de Herat, e no passado registrou uma intensa atividade dos talebans, presentes sobretudo em um arco que percorre o leste e o sul do Afeganistão, as áreas dominadas pela etnia pashtun.

 

No sábado, os talebans anunciaram uma operação de primavera batizada como "Victoria" que começará esta segunda-feira, e ameaçaram assassinar aqueles que prestarem socorro às tropas estrangeiras presentes no Afeganistão.

Mais conteúdo sobre:
talebans Afeganistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.