Filho de último xá do Irã comete suicídio nos EUA, diz irmão

Alireza Pahlavi, filho mais novo do último xá do Irã, cometeu suicídio na terça-feira em Boston, de acordo com uma nota no site do irmão dele na Internet.

REUTERS

04 Janeiro 2011 | 20h12

"É com imensa aflição que gostaríamos de informar aos nossos compatriotas a morte do príncipe Alireza Pahlavi", disse Reza Pahlavi, filho mais velho do antigo xá Mohammad Reza Pahlavi, em seu site.

Pahlavi, de 44 anos, tirou a própria vida no início desta terça em sua residência em Boston, "levando grande sofrimento para sua família e amigos", disse a nota.

O comunicado acrescentou que ele sofria há anos de depressão pelo destino de seu país e as mortes do pai e de uma irmã.

A polícia de Boston e de Cambridge, onde Pahlavi cursava PhD sobre a história iraniana na Universidade de Harvard, não confirmou a morte de imediato. Um porta-voz de Harvard disse não ter informações sobe Pahlavi.

O xá Mohammad Reza Pahlavi foi derrubado do poder pela Revolução Islâmica do Irã em 1979, e morreu no Egito um ano depois. Sua filha Leila foi encontrada morta num quarto de hotel de Londres em 2001.

Nascido em Teerã em 1966, Alireza Pahlavi estudou no Irã antes de viajar em 1979 para os Estados Unidos, onde graduou-se nas universidade de Princeton e Columbia.

(Reportagem de Ros Krasny)

Mais conteúdo sobre:
IRA XA FILHO SUICIDIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.