Forças afegãs e dos EUA matam líder taleban e mais 4 pessoas

Ataque ocorreu na noite de sexta, contra a casa do mulá Ghermaiz, no distrito de Shindand, em Herat

EFE,

14 Novembro 2009 | 08h13

Forças americanas e afegãs mataram um líder taleban da província ocidental de Herat em uma operação contra uma casa, na qual também morreram uma mulher e outros três insurgentes, informaram neste sábado, 14, fontes oficiais.

 

O ataque aconteceu na sexta-feira à noite contra a casa do mulá Ghermaiz, no distrito de Shindand, o mais conflituoso da província de Herat.

 

Segundo o comandante da polícia no oeste afegão, general Ikramuddin Yawar, disse à agência AIP, que depois do ataque das forças especiais morreram Ghermaiz, uma mulher e três talibãs, sem baixas entre as forças americanas ou afegãs.

 

Outro chefe taleban local, o mulá Fateh Muhammad Zadaran, confirmou à AIP as cinco mortes, mas disse que também houve baixas entre as forças militares.

 

O mulá Ghermaiz era considerado o "número dois" do comandante taleban em Shindand, Akhtar Muhammad.

 

O distrito de Shindand, no sul de Herat, tem forte presença taleban é cenário de frequentes combates e bombardeios.

Mais conteúdo sobre:
Afeganistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.