Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Internacional

Internacional » Militantes palestinos jogaram bombas de fósforo contra Israel, diz Exército

Internacional

Militantes palestinos jogaram bombas de fósforo contra Israel, diz Exército

Nove morteiros foram lançados de Gaza em território israelense; país respondeu com ataque aéreo

0

estadão.com.br ,

15 Setembro 2010 | 19h03

JERUSALÉM- As forças de segurança de Israel confirmaram que dois dos nove morteiros lançados de Gaza no sul do país eram bombas de fósforo, afirma a versão online do jornal israelense Haaretz nesta quarta-feira, 15.

 

Veja também:

especialInfográfico: As fronteiras da guerra no Oriente Médio

especialLinha do tempo: Idas e vindas das negociações de paz

forum Enquete: Qual a melhor solução para o conflito?

 

Segundo o jornal, militantes também lançaram dois foguetes em Israel. Em resposta, a Força Aérea israelense realizou um ataque aéreo que deixou um palestino morto e dois feridos. A vítima mortal estava em um túnel usado para o contrabando de armas e outros produtos na fronteira com o Egito.

 

Um dos foguetes lançados de Gaza explodiu em uma área industrial aberta, onde não houve feridos nem propriedades danificadas. O nono morteiro atingiu uma área aberta na região de Eshkol, próxima a Faixa de Gaza.

 

A embaixada dos Estados Unidos em Israel também alertou para uma alta chance de ataques na cidade de Aqaba, no Mar Vermelho, nas próximas 48 horas.

 

Negociações

 

O aumento do número de ataques em Gaza ocorre enquanto o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu recebe o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, em Jerusalém, no marco das negociações de paz diretas retomadas recentemente em Washington.

 

O Hamas, que controla a Faixa de Gaza, se opõe ao diálogo e realizou dois ataques contra colônias judias na Cisjordânia para coincidir com o relançamento das conversações, matando quatro israelense e ferindo dois.

 

Leia ainda:

linkDiscussão sobre moratória de colônias avança, dizem EUA

linkAbbas e Netanyahu trabalham duro nas negociações, diz Hillary

 

Com AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.