1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Morrem 5 soldados dos EUA em incidente de fogo amigo no Afeganistão

REUTERS

10 Junho 2014 | 12h 44

Cinco soldados dos Estados Unidos foram mortos no sul do Afeganistão em um ataque de fogo amigo durante uma operação militar na área, disseram a polícia local e o Departamento de Defesa (Pentágono) nesta terça-feira, a poucos dias do segundo turno da eleição presidencial afegã.

Os homens mortos na segunda-feira no distrito de Arghandab, província de Zabul, quando sua unidade da Força Internacional de Assistência para Segurança (Isaf), líderada pela Otan, estava em confronto com insurgentes.

O chefe da polícia local, Ghulam Sakhi Roghlewanai, disse: "Os cinco eram soldados americanos que acabavam de retornar de uma missão quando foram atingidos. Tropas da Isaf estavam retornando para suas bases depois de uma operação quando foram emboscadas pelos insurgentes. O ataque aéreo atingiu por engano suas próprias forças e matou os soldados."

Um comunicado do Pentágono informou que investigadores estavam "examinando a probabilidade de que fogo amigo foi a causa. Nossos pensamentos e orações estão com as famílias destes caídos".

Um porta-voz do Taliban, Qari Yousuf Ahmadi, disse que os insurgentes estavam atacando as forças estrangeiras quando os helicópteros intervieram e acidentalmente mataram soldados seus próprios soldados.

Em outra região do Afeganistão, militantes do Taliban sequestraram 35 professores da Universidade de Kandahar depois de pararem o veículo em que viajavam na estrada que liga essa província sulista a Cabul, disse um porta-voz do governo da região.

A segurança está sendo reforçada no Afeganistão esta semana, já que no sábado será realizado o segundo turno da eleição presidencial para a escolha do sucessor de Hamid Karzai.

(Reportagem de Hamid Shalizi em Cabul, Sarwar Amani em Kandahar)