ONU vai retirar mais de 600 funcionários do Afeganistão

Parte dos estrangeiros que trabalham no órgão devem sair do país

Reuters

05 Novembro 2009 | 04h57

ganização das Nações Unidas (ONU) declarou nesta quinta-feira, 5, que vai desalojar e evacuar mais da metade de seus funcionários estrangeiros no Afeganistão, após os ataques do Taleban em que foram mortos cinco estrangeiros da ONU, em Kabul, no mês de outubro.

 

O porta-voz da ONU, Aleem Siddique, declarou que a ONU vai retirar 600 dos 1.100 funcionários internacionais. Segundo o organismo internacional, alguns podem ser transferidos para locais mais seguros dentro do Afeganistão e outros serão retirados do país.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.