1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Premiê de Israel ameaça resposta firme em caso de foguetes de Gaza após trégua

REUTERS

27 Agosto 2014 | 15h 47

Um dia após o acordo de cessar-fogo colocar fim a um conflito de sete semanas, o premiê disse em entrevista coletiva que Israel tinha imposto ao Hamas seu mais duro golpe

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse nesta quarta-feira que o país responderá com mais vigor do que antes a qualquer sinal de disparo de foguetes a partir de Gaza, depois que foi fechado um acordo sobre uma trégua por tempo indeterminado com militantes do Hamas, que dominam o território.

Um dia após o acordo de cessar-fogo colocar fim a um conflito de sete semanas, o premiê disse em entrevista coletiva que Israel tinha imposto ao Hamas seu mais duro golpe.

"Nós não vamos tolerar nem mesmo uma pitada de lançamento de foguetes, em qualquer parte de Israel. Vamos responder com mais vigor ainda do que antes", acrescentou.

Netanyahu enfrentou fortes críticas em Israel durante o conflito com militantes palestinos, que custou caro ao país e que não teve nenhum vencedor claro.

(Reportagem de Allyn Fisher-Ilan)