Relatório sobre usina nuclear no Irã fica pronto em novembro

Documento da AIEA deve ficar pronto antes da próxima sessão da junta da entidade, no dia 26

EFE,

06 Novembro 2009 | 16h48

O relatório dos inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) sobre a usina nuclear construída secretamente pelo Irã na cidade de Qom deverá estar concluído entre 16 e 18 de novembro, segundo informou nesta sexta-feira, 6, em Viena, uma fonte do organismo internacional.

 

Veja também:

especialEspecial: O histórico de tensões do Irã

especialEspecial: O programa nuclear do Irã

especialEspecial: As armas e ambições das potências

 

O relatório está ainda em fase de elaboração e o organismo tem a intenção de apresentá-lo internamente, ou seja, aos países-membros do Conselho de Governadores da AIEA, "dez dias antes da próxima sessão da junta" da AIEA, convocada para 26 de novembro, segundo a fonte, que pediu anonimato.

 

De acordo com a mesma fonte, o documento será apresentado "na semana do dia 16" para que os membros da junta tenham tempo de estudá-lo antes de debater o assunto na próxima sessão, a última que será presidida pelo diretor-geral da AIEA, o egípcio Mohamed ElBaradei.

 

No entanto, considera muito plausível que ElBaradei tenha tido acesso às primeiras informações recolhidas pelos cientistas, apesar de se encontrar nos Estados Unidos desde antes do retorno dos inspetores a Viena.

 

Ao analisar as declarações de ElBaradei à imprensa americana, "é evidente que de alguma forma teve conhecimento do que os inspetores viram", acrescentou a fonte.

 

ElBaradei disse à imprensa americana que a nova usina não deve gerar novas preocupações. Não "nada sobre o que se preocupar", assegurou o diplomata egípcio em entrevista publicada na quinta-feira pelo New York Times.

Mais conteúdo sobre:
AIEA nuclear Irã relatório

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.