Suposto soldado afegão mata dois militares da Otan

Um atirador vestindo o uniforme do Exército afegão matou dois soldados da Otan no sul do Afeganistão nesta segunda-feira, relatou a Força de Assistência Internacional de Segurança da Otan, no que parece ser o mais recente ataque de supostas forças de segurança afegãs às tropas ocidentais.

REUTERS

26 Março 2012 | 09h30

O agressor foi morto a tiros por soldados da Otan, afirmou a aliança em comunicado. O nome e a nacionalidade dos dois soldados da Otan não foram identificados.

De acordo com uma fonte da segurança afegã, o incidente ocorreu em Lashkar Gah, na província de Helmand, no sul do país.

Os chamados ataques internos aumentaram nos últimos meses à medida que as tensões entre o Afeganistão e seus aliados estrangeiros aumentaram devido a uma série de incidentes, incluindo a queima de exemplares do Alcorão em uma base da Otan e o massacre de 17 pessoas em Kandahar, no sul do país, pelo qual um soldado norte-americano foi acusado.

Antes do ataque desta segunda-feira, 13 membros da força internacional comandada pela Otan foram mortos neste ano no que parece ser ataques de membros das forças afegãs, segundo o comandante das forças dos Estados Unidos e da Otan, general John Allen, durante um comitê do Senado norte-americano na semana passada.

Cerca de 70 membros das forças da Otan foram mortos em 42 ataques internos desde maio de 2007 até janeiro deste ano.

(Reportagem de Jack Kimball e Hamid Shalizi)

Mais conteúdo sobre:
AFEGANISTAO ATAQUE OTAN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.