Invasão Made in China

Invasão Made in China

adrianacarranca

19 de setembro de 2007 | 20h28

Os melhores lugares para garimpar artigos realmente típicos são aqueles onde o povo local compra. Por isso, a minha curiosidade para visitar o imenso Bazar de Teerã, um emaranhado de pequenas vielas que atrai milhares de iranianos diariamente atrás de alimentos a um bom preço, itens para casa e roupas. Qual não foi a minha surpresa ao ler a primeira, a segunda, a terceira etiquetas: Made in China. Continuo a busca por algo genuinamente local e não encontro. “A economia não anda nada boa”, explica um comerciante de itens de cama, mesa e banho. “Hoje, é mais negócio trazer produtos da China do que pagar o produtor local.” A tradutora explica que no bazar são vendidos produtos mais baratos – só para efeito comparativo, seria uma espécie de 25 de Março de Teerã – sem grande preocupação com a qualidade. Vamos ao shopping.

Leia aqui o Dossiê Irã

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.