O Piscinão de Ramos de Bagdá

O Piscinão de Ramos de Bagdá

adrianacarranca

24 de agosto de 2009 | 12h52

A comparação foi inevitável, mas em nenhum momento tive a intenção de ser maldosamente irônica. Pelo contrário. Achei incrível a foto que figurou por algumas horas na primeira página do portal do The New York Times. Iraquianos aproveitaram o domingo de sol no lago Habbaniya, na província de Anbar. A praia deles tem até música garantida por um DJ. “Estou aqui para ficar longe do som de geradores (que, na falta de abastecimento público, garantem a energia elétrica aos mais abastados) e das bombas de Bagdá”, disse a jovem Aya Alshemari, de 22 anos, aos repórteres Duraid Adnan e Timothy Williams. Pelo menos, por algumas horas. “Aqui não há diferença entre xiitas e sunitas. Somos todos iraquianos.”


Foto: Joseph Sywenkyj/The New York Times

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.