Sir James Paul McCartney no River Plate
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Sir James Paul McCartney no River Plate

arielpalacios

10 de novembro de 2010 | 20h04

Sir James Paul beberica chá com seus outros três partners do outrora existente quarteto “The Beatles”. O chá é uma das bebidas preferidas do roqueiro, que exigiu que seu catering em Buenos Aires conte com o blend PG tips (vale a pena ver o britânico sibarita macaco que também aprecia este chá no aqui ).

Inclusive, Sir JP conta com uma canção sobre esta infusão, talvez a única da História do rock, a “English tea”, como bem recorda a blogueira portenha Mariana Jarolavsky, especializada em chás (seu blog, aqui  ).

Para ver a apologia do chá feita por este liverpulense que ostenta a Excelentíssima Ordem do Império Britânico, a BEM, clique aqui ) 

Sir James Paul Mc Cartney está desde segunda-feira de madrugada em terras argentinas onde fará duas apresentações com seu “Up and coming tour” nesta quarta e quinta-feira. O ex-beatle – segundo os rumores – optou por deixar de lado a estadia em um hotel de luxo no centro da capital e passará estes dias em uma requintada casa de campo na cidade de Pilar, localizada na Grande Buenos Aires.

A expectativa entre os portenhos pelo show de Mc Cartney é substancial, já que a última vez que o ex-beatle esteve em Buenos Aires foi em 1993 com o tour “The New World”. Jovens que na época assistiram a apresentação, desta vez retornam com seus filhos adolescentes para ver o show, que é transversal às gerações.

Tal como naquela ocasião, Mc Cartney se apresentará novamente no “Monumental de Núñez”, estádio do River Plate.

O show em terras portenhas deste liverpulense que ostenta a Excelentíssima Ordem do Império Britânico (a EMB) durará três horas.

As entradas em Buenos Aires oscilaram de 200 pesos (US$ 50) a 6.400 pesos (US$ 1.400). Esta última entrada – a mais cara da História dos shows de rock na Argentina – concede o privilégio de estar no “Front Row Package” (as duas primeiras filas), que inclui o acesso aos testes de som, merchandising e até uma credencial especial para pendurar do pescoço que promete tornar-se uma relíquia para colecionadores daqui a poucos anos.

 

Excelentíssima Ordem do Império Britânico (a EMB). Sir JP McCartney tem o título e toda a parafernália que a acompanha desde o longínquo anno domini de 1967. 

MERCADO NEGRO – Enquanto as entradas oficiais esgotaram-se rapidamente, nas últimas horas prévias ao show floresceu o mercado negro, no qual os preços vão de 700 pesos (US$ 175) a US$ 4.000 pesos (US$ 1.000).

No entanto, os boatos de que este seria o último tour mundial do quase septuagenário Sir Mc Cartney estão levando os argentinos a sublimar os salgados preços exigidos pelo mercado paralelo e pagar “cash” pelas escassas entradas para a apresentação no estádio Monumental.

O mercado negro também foi acompanhado pela venda de entradas falsas para ingênuos admiradores do ex-beatle.

Fãs do Uruguai, Paraguai e Peru estão desembarcando desde a terça-feira em Buenos Aires para ver o show. Segundo o Estado apurou, diversos gaúchos que não puderam ver a apresentação em Porto Alegre também estão atrás de entradas em Buenos Aires.

A produção de Mc Cartney mantém estrito silêncio sobre a atividade do ex-beatle após o final do último show portenho na quinta-feira. Rumores indicam que aproveitaria alguns dias livres para passear pela Patagônia. Outros boatos indicam que permaneceria na casa de campo na qual está recluso à espera do seguintes shows.

E falando em chá (mas sem o ex-beatle)…

O Quintette of the Hot Club of France, interpretando “Tea for two”, aqui.

E “Tea for two” com Art Tatum, aqui.

E passando de chá para café, “El último café”, com o cantor Julio Sosa. Um grande tango. Aqui. 

hirschfeldfarrago3PERFIL: Ariel Palacios fez o Master de Jornalismo do jornal El País (Madri) em 1993. Desde 1995 é o correspondente de O Estado de S.Paulo em Buenos Aires. Além da Argentina, também cobre o Uruguai, Paraguai e Chile. Ele foi correspondente da rádio CBN (1996-1997) e da rádio Eldorado (1997-2005). Ariel também é correspondente do canal de notícias Globo News desde 1996.

Em 2009 “Os Hermanos recebeu o prêmio de melhor blog do Estadão (prêmio compartilhado com o blogueiro Gustavo Chacra).

passaro4 Acompanhe-nos no Twitter, aqui.

blog1vinhetalendonewsstand4…E leia os supimpas blogs dos correspondentes internacionais do Estadão:

……………………………………………………………………………………………………
Comentários racistas, chauvinistas, sexistas, xenófobos ou que coloquem a sociedade de um país como superior a de outro país, não serão publicados. Tampouco serão publicados ataques pessoais aos envolvidos na preparação do blog (sequer ataques entre os leitores) nem ocuparemos espaço com observações ortográficas relativas aos comentários dos participantes. Propaganda eleitoral (ou partidária) e publicidade religiosa também serão eliminadas dos comentários. Os comentários que não tiverem qualquer relação com o conteúdo da postagem serão eliminados. Além disso, não publicaremos palavras chulas ou expressões de baixo calão (a não ser por questões etimológicas, como background antropológico).

…………………………………………………………………………………………………..

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.