As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

França desmente plano para ‘importar’ policiais chineses

Felipe Corazza

22 Maio 2014 | 09h40

Em visita a Pequim dois dias atrás, o ministro de Relações Exteriores da França, Laurent Fabius, falou à imprensa para desmentir um dos rumores mais recentes relativos ao turismo de chineses em Paris: os franceses não pretendem “importar” policiais da China para melhorar a segurança.

No início do mês, matérias de agências de notícias citando fontes oficiais não identificadas garantiam que pelo menos 10 policiais chineses seriam incorporados às patrulhas na capital francesa para ajudar turistas da China.  Assim como o volume de chineses visitando a França, o número de assaltos a esses viajantes tem aumentado significativamente.

+ Siga o blog no Twitter

Um hábito chinês de carregar sempre somas razoáveis de dinheiro vivo contribui para o problema. Em março, como noticiou o jornal South China Morning Post, um grupo de chineses foi assaltado em Paris. O saldo do roubo: 7,5 mil euros que os turistas levavam consigo.

Fabius, no entanto, disse que o convênio com a polícia chinesa não é necessário, ao menos por enquanto. “A França tem uma polícia para manter a segurança pública e faremos mais esforços para manter os turistas a salvo”.

 

Mais conteúdo sobre:

ChinaFrançapolíciaturistas