Chi le ma?

Chi le ma?

Cláudia Trevisan

12 de março de 2010 | 07h01

Comer é uma das coisas mais importantes da cultura chinesa. Até pouco tempo, as pessoas se cumprimentavam com a expressão “chi le ma?”, que significa “você já comeu?”, em vez do atual “ni hao”, algo como “tudo bem?”. Chefes de cozinha são extremamente respeitados e os bons restaurantes vivem lotados. Na semana passada fui com amigos a um enorme, especializado em comida de Sichuan, e tivemos que esperar uns 40 minutos por uma mesa. Isso apesar de chegarmos mais tarde que o horário no qual as pessoas costumam jantar por aqui (a partir das 18h ou 18h30).

Mas os chineses também adoram comer na rua e os mercados de comida estão entre as principais atrações das cidades. Pequim é cheia de minúsculas portas, muitas com uma só mesa na calçada, que vendem comida no local ou para levar. Sei que estou ficando repetitiva, com o terceiro post sobre o tema comida em pouco tempo, mas o assunto é inesgotável…Prometo mudar no próximo post.  

Aí vão algumas imagens da gastronomia de rua da China:

Espetinhos em rua de Pequim

Espetinhos em rua de Pequim - CláudiaTrevisan/AE

 

Banca de comida - Cláudia Trevisan / AE

Banca de comida - Cláudia Trevisan / AE

 

Comida ao ar livre - Cláudia Trevisan/AE

Comida ao ar livre - Cláudia Trevisan/AE

 

"Vitrine" em Suzhou - Cláudia Trevisan/AE

 

Espetinhos em Pequim - Cláudia Trevisan/AE

Espetinhos em Pequim - Cláudia Trevisan/AE

 

"Janela" de venda de massas em Pequim - Cláudia Trevisan/AE

 

Restaurante muçulmano em Suzhou - Cláudia Trevisan/AE

Restaurante muçulmano em Suzhou - Cláudia Trevisan/AE

 

Sem palavras - Cláudia Trevisan/AE

Sem palavras - Cláudia Trevisan/AE

 

Cozinheiros descansam no distrito artístico 798

Cozinheiros descansam no distrito artístico 798 - Cláudia Trevisan

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.