Israel e Hamas anunciam cessar-fogo de 72 horas

Cláudia Trevisan

31 de julho de 2014 | 19h28

Israel e Hamas concordaram com um cessar-fogo incondicional de 72 horas a partir das 8h desta sexta-feira (2h horário de Brasília), segundo comunicado da Organização das Nações Unidas (ONU). A suspensão do conflito tem caráter humanitário e não implica a retirada de tropas da Faixa de Gaza.

“Durante esse período, civis em Gaza vão receber ajuda humanitária urgente e ter a oportunidade de realizar atividades vitais, entre as quais enterrar os mortos, cuidar dos feridos e refazer os estoques de alimentos”, disse a nota. Também serão feitos reparos na infraestrutura de água e energia.

Assim que o confronto for suspenso, representantes palestinos e israelenses iniciarão negociações no Egito para tentar estabelecer um cessar-fogo de longo prazo. A nota da ONU atribuiu o anúncio ao secretário-geral da organização, Ban Ki-moon, e o secretário de Estado americano, John Kerry. Na semana passada, ambos estiveram na região para tentar costurar um acordo de cessar-fogo, sem sucesso.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: