O que você nunca imaginou que iria precisar

O que você nunca imaginou que iria precisar

Cláudia Trevisan

18 de janeiro de 2009 | 05h35

Distribuída gratuitamente nos vôos da Continental Airlines, a revista SkyMall é um dos melhores retratos da sociedade americana e do consumo desenfreado que passou a ser apontado como uma das facetas da atual crise global. Suas 268 páginas são uma das mais divertidas leituras de bordo que já vi, com um desfile de produtos que a maioria dos mortais nem sequer suspeita que existam e muito menos imagina que um dia poderia julgá-los necessários.

Depois de folheá-la de novo hoje, elegi como mais surpreendente de todas as ofertas o robô que é uma réplica de Elvis Presley jovem, com seu topete característico e jaqueta de couro preta. Como nem tudo é perfeito, o robô se resume ao busto de Elvis, deixando de fora suas pernas e seu típico rebolado. Mas o busto-robô canta oito das mais famosas músicas do ídolo e faz movimentos com os olhos, boca e cabeça. Também é equipado com sensores infravermelhos que detectam movimento no ambiente e fazem com que Elvis fale com seu dono assim que ele entra em casa. O robô traz gravados 37 monólogos, copiados de entrevistas que o cantor concedeu e pode ser conectado a um aparelho de karaokê para um dueto com pessoas de carne e osso. Tudo isso por módicos US$ 199,95.

Quer levar sua adega com você em sua próxima viagem aérea? A caixa de alumínio para vinhos permite o transporte da bebida na temperatura adequada, vem com rodinhas e custa US$ 499,00 no tamanho para 12 garrafas. Por US$ 29,95, você também pode comprar o maior jogo de palavras cruzadas do mundo. Vencedor do Guinness, ele ocupa uma parede inteira e vem com um livro de dicas de 100 páginas para orientar os jogadores. A “TimeMug” reúne em um único objeto dois itens sem uma relação íntima evidente: é uma caneca para café equipada com relógio. Na lista de seus atrativos está a possibilidade de olhar as horas durante longas reuniões sem parecer indelicado.

No terreno do esoterismo e da auto-ajuda, a vencedora é a blusa de malha que traz do lado avesso palavras animadoras em 15 idiomas, que supostamente têm um efeito positivo sobre o corpo humano. “Pesquisas mostram que palavras escritas em um recipiente de água podem influenciar para melhor ou pior a estrutura da água, dependendo da intenção da palavra”, diz a propaganda. Como o corpo humano é composto de 70% de água, “que tal trazer palavras positivas dentro de suas roupas?”, sugere. Para os que se interessarem, cada blusa custa a “bagatela” de US$ 79,00, ou R$ 184,00 pelo câmbio de sexta-feira.

A lei do menor esforço leva a criações como o forno de microondas portátil de US$ 149,95, que pode ser colocado na mesa de trabalho, no quarto ou na sala, para evitar idas à cozinha ou à padaria da esquina. Se você está em busca de novas formas de comunicação, seus problemas podem ser resolvidos com a moldura para placas de carro equipadas com um visor digital. Você poderá escrever cinco curtas mensagens e escolher com um controle remoto qual delas quer mostrar para os carros ao redor. “Você pode dizer para todo mundo na auto-estrada que você é um grande fã de esportes, pode fazer propaganda de seu negócio ou dizer à gata do carro de trás que você é solteiro”, diz a propaganda do produto, que sai por US$ 64,95.

Os vencedores na categoria “gosto duvidoso” foram escolhidos por minha irmã, Fernanda, que encontrou na página 199 esculturas de jardim que representam o Abominável Homem das Neves e um lutador de sumô, que também está disponível na versão “suporte de mesa”. Espero que seja possível ver as imagens na cópia da página mostrada abaixo.

Claro que também há itens com utilidade evidente, que fiquei tentada a comprar, ainda que tenha vivido muito bem sem eles até os dias de hoje. Meu temor de ser obrigada a pagar excesso de peso cada vez que faço uma longa viagem seria extinto se eu tivesse o pequeno aparelho em formato de T que revela quantos quilos estou levando. Conectado à mala, o aparelho revela seu peso em um visor digital quando ela é levantada do solo. E é bem mais barato que o busto de Elvis: US$ 24,85.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.