De Niro critica Trump e diz que queria ‘socá-lo’

De Niro critica Trump e diz que queria ‘socá-lo’

No vídeo de cerca de um minuto, o astro de filmes como O Poderoso Chefão, Touro Indomável e Táxi Driver chama Trump de 'estúpido', 'porco' e 'golpista'

Redação Internacional

08 Outubro 2016 | 15h40

WASHINGTON – O ator americano Robert De Niro, de 73 anos, gravou uma mensagem em vídeo na qual não poupou críticas ao candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump. No vídeo de cerca de um minuto, o astro de filmes como  O Poderoso Chefão, Touro Indomável e Táxi Driver chama Trump de “estúpido”, “porco” e “golpista”.

Trump “não sabe do que fala, não faz o trabalho de casa, está brincando com a sociedade, não paga os impostos, é um desastre nacional e uma vergonha para este país”, afirma o ator.

 

Quase no fim do vídeo, De Niro afirma: “Ele gosta de dizer que queria esmurrar as pessoas na cara. Bem, eu gostaria de dar um soco na cara dele. É isso que queremos para presidente? Creio que não”.

“Se vocês se preocupam com o seu futuro, votem”, pede De Niro no vídeo que, segundo a Variety, o vídeo foi gravado para a plataforma Anonymous Content, que tem realizado pequenas entrevistas sobre as eleições. Este vídeo foi o que mais teve repercussão entre todas as entrevistas.

A gravação foi exibida na sexta-feira na Fox News, curiosamente a rede TV americana que é fiel aos candidatos republicanos.

O vídeo foi exibido no programa The Kelly File, da jornalista Megyn Kelly, que já foi alvo de comentários sexistas de Trump. Em um mês, os americanos escolherão o sucessor do presidente Barack Obama na Casa Branca.