Em discurso populista, Trump reafirma promessas de campanha e fala em ‘América grande’

Em discurso populista, Trump reafirma promessas de campanha e fala em ‘América grande’

Redação Internacional

20 Janeiro 2017 | 15h34

WASHINGTON – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tomou posse do cargo nesta sexta-feira, 20, e em seu discurso de posse apelou para o tom populista e suas principais promessas de campanha. O magnata republicano prometeu devolver o governo americano, que supostamente teria sido sequestrado pela elite política, ao povo. Ele também prometeu tomar todas decisões da presidência com base na ideia de fazer ” a América grande de novo”.

O novo presidente disse que não haverá espaço para preconceito no seu governo desde que os americanos sejam patriotas. Ele afirmou também que trará empregos e empresas de volta para os Estados Unidos. “É hora de lembrar que não importa se somos negro, brancos ou amarelos, todos sangramos o mesmo sangue patriótico e todos saudamos a mesma grande bandeira americana”, disse.

President Donald Trump speaks at inauguration ceremonies swearing him in as the 45th president of the United States on the West front of the U.S. Capitol in Washington, U.S., January 20, 2017. REUTERS/Carlos Barria

Trump discursa ao tomar posse em Washington REUTERS/Carlos Barria

“A cerimônia de hoje tem um significado muito especial porque estamos transferindo o poder de Washington e o dando de volta para vocês, o povo”, disse Trump em suas palavras de abertura. “Por muito tempo um pequeno grupo em nossa capital se aproveitou dos recursos de nossa nação enquanto o povo sofreu. Os políticos prosperaram, mas os empregos acabaram e as fábricas foram fechadas.”

O republicano voltou a falar de imigração e de protecionismo e disse que suas políticas nessas áreas terão como objetivo fortalecer a economia americana. “Vamos ter duas regras simples: compre produtos americanos e contrate trabalhadores americanos”, declarou. “Prometo para vocês que lutarei com todas minhas forças para nunca decepcioná-los. Os EUA voltarão a serem vencedores. Traremos empregos, fronteiras, riquezas e nossos sonhos de volta.”

Trump encerrou o discurso, curto, de menos de meia hora, com sua promessa de campanha. “Vocês não serão mais ignorados. Sua voz, sua esperança e seus sonhos vão definir um novo país”, falou. “Juntos, vamos tornar os EUA grande novamente, vamos tornar os EUA orgulhosos novamente.”

Mais conteúdo sobre:

Donald TrumpposseCapitólio