Ex-miss Finlândia acusa Trump de abuso sexual quando disputou Miss Universo em 2006

Ex-miss Finlândia acusa Trump de abuso sexual quando disputou Miss Universo em 2006

Ninni Laaksonen alega que o republicano a agarrou pouco antes de ela aparecer no evento

Redação Internacional

28 de outubro de 2016 | 11h36

HELSINKI – Uma ex-miss Finlândia acusou o candidato republicano à presidência dos EUA, Donald Trump, de abuso sexual em 2006, quando ela representava o país no concurso Miss Universo.

Ninni Laaksonen disse ao jornal finlandês Ilta-Sanomat que o candidato a agarrou por trás pouco antes de ela aparecer ao vivo no evento em Nova York, ao lado de outras participantes.

Ninni Laaksonen, ex-Miss Finlândia (Foto: Facebook / Reprodução)

Ninni Laaksonen, ex-Miss Finlândia (Foto: Facebook / Reprodução)

“Ele realmente agarrou minhas nádegas. Não acho que alguém viu, mas eu realmente parei e pensei: ‘O que está acontecendo?'”, disse Ninni, segundo o jornal.

Ninni conta que foi a diversas festas organizadas por Trump e em uma delas alguém lhe disse que o magnata se sentia atraído por ela pela semelhança com sua esposa, Melania, quando era mais jovem. Trump nega as acusações.

A denúncia surge após uma série de alegações de condutas inapropriadas de Trump com outras mulheres nos EUA, o que coloca pressão em sua campanha, à medida que a eleição de 8 de novembro se aproxima. / REUTERS e EFE

Veja abaixo: Duas mulheres acusam Trump de abuso sexual

Tendências: