Hillary usa comentários de Trump contra ele próprio em anúncios

Segundo o jornal 'The New York Times', a estratégia da candidata consiste em focar nesses grupos atacados por Trump para afetar a imagem do magnata perante a população geral

Redação Internacional

05 Outubro 2016 | 18h36

A candidata democrata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, lançou uma nova série de anúncios críticos ao seu rival na disputa, o republicano Donald Trump, na qual usa frases do próprio magnata contra ele. Nas propagandas, a campanha de Hillary usa imagens de Trump atacando veteranos de guerra, mulheres, negros e latinos diante de crianças e mulheres jovens.

Segundo o jornal The New York Times, a estratégia da candidata consiste em focar nesses grupos atacados por Trump para afetar a imagem do magnata perante a população geral.

Nos vídeos, Trump é mostrado dizendo coisas como “Ela comia como uma porca e era gorda”, “não posso dizer que eu respeito as mulheres ” E eu olhei naquela cara gorda e feia”, em imagens combinadas com jovens e adolescentes jovens. O narrador pergunta: “Esse é o presidente que queremos.”

Para o especialista em publicidade eleitoral Steven Passwaiter, do grupo Kantar Mídia, o objetivo dos anúncios é explorar a emoção do eleitor. “É o tipo de coisa que as pessoas param e pensam: esperem um pouco”, disse. “Ele está atacando as partes mais frágeis da nossa sociedade.” / NYT

Mais conteúdo sobre:

Hillary ClintonDonald Trump