J.J. Abrams e atores de ‘Star Trek’ assinam carta contra Trump e pedem voto em Hillary

J.J. Abrams e atores de ‘Star Trek’ assinam carta contra Trump e pedem voto em Hillary

Mensagem diz que não se pode ‘dar as costas’ ao que está acontecendo nas eleições atuais, e que o republicano ‘é um amador com uma ignorância desdenhosa pelas leis nacionais e pela realidade internacional’

Redação Internacional

30 de setembro de 2016 | 11h49

LOS ANGELES, EUA – O diretor J.J. Abrams e alguns atores do elenco do filme “Star Trek” publicaram na quinta-feira uma carta aberta contra o candidato republicano à presidência dos EUA, Donald Trump, na qual pedem que os eleitores votem na representante democrata, Hillary Clinton.

Junto a Abrams estão George Takei, Chris Pine, Zachary Quinto, Simon Pegg, Zoe Saldaña, entre outros.

Candidato republicano à presidência dos EUA, Donald Trump (Foto: Damon Winter/The New York Times)

Candidato republicano à presidência dos EUA, Donald Trump (Foto: Damon Winter/The New York Times)

“‘Star Trek’ sempre ofereceu uma visão positiva do futuro, uma visão de esperança e otimismo e, de modo geral, uma visão de inclusão, em que as pessoas de todas as raças recebem igual respeito e dignidade, em que as crenças individuais e os estilos de vida são respeitados a ponto de não significarem uma ameaça para outros”, disseram os envolvidos em mensagem no Facebook.

A carta acrescenta que não se pode “dar as costas” ao que está acontecendo nestas eleições, e que nunca houve um candidato presidencial que esteja em completa oposição aos ideais da lendária saga tanto quanto Donald Trump.

“Sua eleição levaria este país para trás, talvez de maneira desastrosa. Precisamos escolher um presidente que leve este país para frente, ao tipo de futuro que todos sonhamos, no qual as diferenças pessoais são compreendidas e aceitas, no qual a ciência prevalece sobre a superstição e no qual o povo trabalha em conjunto, e não uns contra os outros”, diz a mensagem.

O texto rejeita os argumentos de que a candidata democrata Hillary Clinton e Trump são dois candidatos com falhas por igual ao entender que trata-se de um posicionamento “ilógico e impreciso”.

“Um (Trump) é um amador com uma ignorância desdenhosa pelas leis nacionais e pela realidade internacional, enquanto o outro (HIllary) entregou sua vida ao serviço público. Vote por um futuro de inclusão, um futuro que algum dia nos leve às estrelas”, concluiu a carta.

A franquia “Star Trek”, que recentemente completou 50 anos desde seu primeiro episódio exibido pela televisão, estreou neste ano o filme “Star Trek: Sem Fronteiras”. A próxima produção para a TV, “Star Trek: Discovery”, será lançada em maio de 2017. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:

Donald TrumpStar TrekHillary Clinton

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.