Manifestantes tentam bloquear acesso à posse de Trump

Manifestantes tentam bloquear acesso à posse de Trump

Redação Internacional

20 de janeiro de 2017 | 14h55

Manifestantes protestam em Washington às vésperas da posse de Trump - Zach Gibson/AFP

Manifestantes protestam em Washington às vésperas da posse de Trump – Zach Gibson/AFP

Um grupo de manifestantes tentou impedir o acesso aos lugares em que o público poderá ver a cerimônia de posse de Donald Trump e o desfile presidencial. Os manifestantes se concentraram em pontos  da Pensylvania Avenue e da esplanada do National Mall, onde é possível ver a passagem dos carros e do novo presidente. O protesto teve direito a danças, cartazes com os dizeres “Não a Trump” e bandeiras com a cor do arco-íris.

Alguns jovens, no entanto, montaram correntes humanas para bloquear o acesso a alguns locais, mas nenhum incidente provocado pela estratégia foi reportado.  A ação do grupo DisruptJ20, que não possui autorização para realizar atos do tipo, foi observada de perto por policiais e por agentes do Departamento de Segurança Nacional. A expectativa do DisruptJ20 é de que alguns de seus membros sejam presos.

O protesto não interferiu de maneira significativa no acesso ao perímetro de segurança de sete quilômetros traçado pelo governo americano. Os simpatizantes do presidente eleito poderão ver, sem maiores problemas, a passagem de Donald Trump e da nova primeira-dama, Melania, ou o discurso inaugural, feito nos degraus do Capitólio.

Manifestações As agências de segurança estão esperando que diversos grupos marchem a partir de diversos pontos da cidade.  Os atos devem culminar em dois pontos: uma praça próxima a Casa Branca e um espaço em frente à Pensylvania Avenue. Uma porta-voz do movimento Answer Coalition afirmou que espera um grupo de manifestantes na praça do Navy Memorial, localizada ao lado da via em que Trump desfilará.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.