Michelle Obama confronta discurso de Trump e é considerada a estrela da noite em convenção democrata

Michelle Obama confronta discurso de Trump e é considerada a estrela da noite em convenção democrata

Palavras da primeira-dama dos Estados Unidos colocaram a multidão de pé e provocou muitos aplausos dos delegados

Redação Internacional

26 Julho 2016 | 09h53

FILADÉLFIA, ESTADOS UNIDOS – A primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, participou da Convenção Nacional Democrata na segunda-feira e foi considerada por democratas divididos sobre o futuro do partido a estrela da noite.

Ela discursou em apoio à ex-primeira-dama e candidata à Casa Branca, Hillary Clinton, e descreveu os Estados Unidos como “o melhor país da Terra”, confrontando o slogan do candidato republicano Donald Trump de “tornar os Estados Unidos grandes de novo”, e colocando a multidão de pé.

Primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, discursa na primeira noite da convenção democrata

Primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, discursa na primeira noite da convenção democrata (Foto: REUTERS/Jim Young)

“Eu acordo todas as manhãs em uma casa que foi construída por escravos, e olho minhas filhas, duas jovens negras lindas e inteligentes, brincando com os cachorros no jardim da Casa Branca”, disse a primeira-dama.

O marido de Michelle, o presidente americano Barack Obama, recebe há anos elogios por suas habilidades de oratória. Mas na noite de segunda-feira, os maiores elogios tiveram a sua mulher como destinatária.

“Nunca deixe ninguém dizer que este país não é grande, que de algum modo precisamos torná-lo grande novamente, porque atualmente este é o maior país da Terra”, afirmou ela.

O discurso provocou muitos aplausos entre os delegados no Wells Fargo Center, onde mais cedo houve vaias pela derrota de Bernie Sanders nas primárias partidárias para a ex-secretária de Estado.

O chefe da delegação de Hillary no Texas, Garry Mauro, disse que o discurso de Michelle foi “admiravelmente bom”. Diversos usuários nas redes sociais elogiaram as palavras dela, enquanto outros destacaram o tom positivo usado em um ano eleitoral marcado por farpas.

“A sra. Obama desconstruiu a campanha inteira de Trump sem usar uma única palavra pejorativa”, disse um americano em sua conta no Twitter após o discurso de Michelle.

A primeira-dama ainda destacou que as eleições de novembro definirão “quem terá o poder para dar forma” às vidas de todas as crianças americanas, e que graças a Hillary, suas duas filhas “dão como certo” que uma mulher pode ser a próxima presidente dos Estados Unidos.

Obama reagiu orgulhoso em sua conta no Twitter. “Um discurso incrível de uma mulher incrível. Não poderia estar mais orgulhoso e nosso país foi abençoado por tê-la como primeira-dama. Te amo, Michelle”, escreveu o presidente. / Reuters e EFE