Mulher de Trump prepara ação por difamação contra jornal britânico

Mulher de Trump prepara ação por difamação contra jornal britânico

Em reportagem publicada na semana passada, o 'Daily Mail' questionou a biografia e a carreira de modelo de Melania e sugeriu que ela teria 'supostamente sido uma prostituta nos anos 90'

Redação Internacional

23 Agosto 2016 | 12h10

WASHINGTON – Melania Trump, mulher do candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, está preparando ações legais contra o jornal britânico “The Daily Mail” por uma matéria que ela considera difamatória sobre seu passado.

“A senhora Trump avisou a vários veículos de imprensa de suas reivindicações contra eles, incluindo o ‘Daily Mail’, por fazer declarações falsas e difamatórias sobre ela ter supostamente sido uma prostituta nos anos 90”, afirmou o advogado Charles Harder. O advogado se refere a um artigo publicado no dia 19 pelo “Daily Mail”, que questiona a biografia e a carreira de modelo de Melania, de origem eslovena e casada com Trump desde 2005.

“Todas essas declarações são 100% falsas, muito prejudiciais a sua reputação e pessoalmente ofensivas”, afirmou Harder em comunicado enviado ao site especializado americano “Politico”.

Segundo o advogado, a Mulher de Trump disse que entende o papel da imprensa em uma campanha presidencial. No entanto, Melania considera que “mentir completamente desta maneira excede todos os limites apropriados de notícia e da decência humana”. / EFE