Para Hillary, ida de Trump ao México foi ‘infeliz’

Para Hillary, ida de Trump ao México foi ‘infeliz’

Hillary criticou a viagem, segundo a qual, para ela, demonstrou que Trump não 'sabe se comunicar de maneira efetiva como um chefe de Estado'

Redação Internacional

05 de setembro de 2016 | 21h16

Em um de seus comentários mais duros contra o rival republicano Donald Trump, a democrata Hillary Clinton considerou “infeliz” a viagem dele ao México na semana passada. Para ela, Trump criou um “incidente diplomático” entre os Estados Unidos e o México.

O republicano foi ao México em uma viagem que pegou a todos de surpresa, mas a convite do presidente mexicano Enrique Peña Nieto. O líder mexicano disse ter convidado os dois candidatos, mas hoje Hillary disse que não pretende visitar o país antes das eleições.

U.S. Democratic presidential candidate Hillary Clinton answers questions from reporters on her campaign plane enroute to a campaign stop in Moline, Illinois, United States September 5, 2016. REUTERS/Brian Snyder

Hillary fala a jornalistas em seu avião de campanha. Foto: REUTERS/Brian Snyder

Ao ser recebido por Peña Nieto, Trump insistiu em sua proposta de que os EUA têm o “direito de construir um muro” na fronteira entre os dois países. Mais tarde, assegurou que o “México pagará pelo muro”, o que foi negado por Peña Nieto.

Hillary criticou a viagem, segundo a qual, para ela, demonstrou que Trump não “sabe se comunicar de maneira efetiva como um chefe de Estado”. Ela fez os comentários em uma conversa com jornalistas que a acompanham no avião de campanha, pela primeira vez.

Os dois candidatos disputaram hoje as atenções em Ohio, um dos Estados mais concorridos na campanha eleitoral. Os eventos de hoje marcam tradicionalmente o início da reta final das eleições presidenciais nos Estados Unidos – a votação está marcada para o dia 8 de novembro. / EFE e AFP

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.