Para peixe indiano e macaco chinês, Trump será o vencedor

Para peixe indiano e macaco chinês, Trump será o vencedor

Peixe escolheu pote de comida com imagem de republicano e macaco beijou foto de bilionário

Redação Internacional

08 de novembro de 2016 | 16h33

NOVA DÉLHI – Depois do sucesso do polvo Paul para prever os resultados das partidas no Mundial de Futebol da África do Sul, a consulta aos animais virou mania.

No caso dessas eleições, o peixe indiano “médium” Chanakya II e o macaco chinês Geda designaram Donald Trump como o vencedor.

Indian organisers watch as fish named Chanakya swims to a portrait of US presidential candidate Donald Trump, (L), floating alongside a portrait of US presidential candidate Hillary Clinton in a fish tank, during an event in Chennai on November 8, 2016. A nervous world turned its gaze to America's 200 million-strong electorate November 8, 2016 as it chooses whether to send the first female president or a populist property tycoon to the White House. / AFP PHOTO / ARUN SANKAR

Peixe Chanakya II escolhe o pote de comida com a foto de Trump em aquário da cidade indiana de Chennai

Em três ocasiões o peixe, um cíclido Flowerhorn,que vive em um aquário da cidade de Chennai, sul da Índia, comeu de um recipiente que mostrava a imagem do magnata, rejeitando todas as vezes o que tinha a foto de Hillary Clinton.

Já o macaco, diante das fotografias de Hillary e de Trump, correu para a imagem do candidato republicano e o beijou na boca. / AFP

Tendências: