Primeiro debate entre Hillary e Trump bate recorde de audiência na TV

Níveis de audiência quebram o recorde do debate de 1980 entre o então presidente americano, Jimmy Carter, e o republicano Ronald Reagan

Redação Internacional

27 de setembro de 2016 | 17h47

WASHINGTON – O primeiro debate entre os candidatos à presidência dos Estados Unidos, que colocou a democrata Hillary Clinton e o republicano Donald Trump frente a frente ontem, foi visto por mais de 80 milhões de espectadores, segundo dados preliminares da empresa de consultoria Nielsen divulgados nesta terça-feira, 27.

Os primeiros dados de audiência televisiva, que inclui 12 canais, mas não a emissora pública PBS e a CSPAN, indicam que o debate foi acompanhado por pelo menos 80,9 milhões de pessoas, um número que ainda deve aumentar.

Democratic presidential nominee Hillary Clinton smiles as Republican presidential nominee Donald Trump speaks during the presidential debate at Hofstra University in Hempstead, N.Y., Monday, Sept. 26, 2016. (Rick T. Wilking/Pool via AP)

Trump e Hillary se enfrentam em primeiro debate de 2016. Foto: Rick T. Wilking/AP

Os dados também não computam aqueles que seguiram o debate pela internet, já que o primeiro confronto de ideias entre os candidatos foi transmitido no Facebook, Twitter e YouTube, entre outros.

As quatro emissoras de televisão aberta (CBS, ABC, NBC e Fox) obtiveram uma audiência combinada de 45,3 milhões de espectadores. Por sua vez, as três grandes redes de televisão a cabo (Fox News, CNN e MSNBC) atraíram conjuntamente 26,1 milhões de pessoas.

Esses níveis de audiência, que serão maiores quando incluídos os outros veículos de comunicação, quebram o recorde do debate de 1980 entre o então presidente americano, Jimmy Carter, e o republicano Ronald Reagan.

Segundo dados históricos da Nielsen, aquele tête-à-tête reuniu em frente às telas das três grandes emissoras abertas da época (ABC, CBS e NBC) 80,6 milhões de pessoas.

Além disso, o esperado primeiro debate entre Hillary e Trump na Universidade Hofstra de Long Island (Nova York) superou, de longe, o índice de audiência do confronto de 2012 entre o presidente Barack Obama e o republicano Mitt Romney, que foi visto por 37,2 milhões de americanos.

Os veículos de comunicação americanos esperavam que 100 milhões de pessoas acompanhassem o primeiro debate entre Hillary e Trump, comparando esse evento político ao maior acontecimento esportivo do país: o Super Bowl, a grande final do futebol americano. / EFE

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.