Putin e Trump conversam por telefone e prometem cooperação antiterror

Redação Internacional

14 de novembro de 2016 | 18h44

O presidente russo, Vladimir Putin, e o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, conversaram por telefone nesta segunda-feira, 14, pela primeira vez desde a vitória do magnata republicano na eleição da semana passada. Segundo o Kremlin, ambos concordaram em uma cooperação construtiva para lutar contra o terrorismo e em se encontrar pessoalmente em breve.

“Eles concordaram na importância de criar uma base sólida para laços bilaterais, especialmente no componente econômico”, disse o Kremlin em nota.

Vladimir Putin foi acusado de ter hackeado informações digitais do Partido Democrata e de sua candidata, Hillary Clinton (Foto: Reuters)

Vladimir Putin foi acusado de ter hackeado informações digitais do Partido Democrata e de sua candidata, Hillary Clinton (Foto: Reuters)

Ainda de acordo com o governo russo, ambos os países devem, para Trump e Putin, retornar a uma cooperação pragmática para beneficiar ambos os países e a estabilidade mundial.

Trump deve assumir o cargo em 20 de janeiro. Putin e o presidente Barack Obama tiveram uma relação tensa sobre vários temas, incluindo a crise na Síria e a Ucrânia. /REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:

Donald TrumpVladimir Putin

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.