‘Quando você é famoso, elas deixam você fazer qualquer coisa’, diz Trump

Em bastidores de programa de TV de 2005, magnata fala em termos vulgares sobre beijar mulheres à força e tentar manter relações sexuais com elas

Redação Internacional

07 de outubro de 2016 | 19h01

O jornal americano The Washington Post divulgou nesta sexta-feira, 7, uma gravação de 2005 na qual o candidato republicano à presidência Donald Trump fala em termos vulgares sobre apalpar, beijar e tentar manter relações sexuais com mulheres. “Quando você é uma estrela, elas deixam você fazer essas coisas”, diz Trump na gravação obtida pelo jornal.

A gravação mostra uma conversa nos bastidores de Trump com o apresentador do programa Acess Hollywood Billy Bush antes de participar da novela Days of Our Lives. O áudio obtido pelo jornal revela a tentativa de Trump de seduzir uma mulher, cuja identidade não foi revelada na conversa. “Eu dei em cima dela e fracassei. Admito”, diz Trump. “Mas eu tentei transar com ela e ela era casada. Eu dei em cima dela com tudo. Ela queria comprar móveis e eu a levei. Então eu disse: ‘vou te mostrar onde tem uns bons móveis’.”

Trump continua, no áudio: “Eu dei em cima dela como (se ela fosse) uma piranha, mas não consegui. Ela era casada”, afirma. “Então de repente ela está com uns peitos falsos e tudo. Ela mudou completamente seu visual.”

Quando Trump e seu interlocutor avistam a atriz Arianne Zucker, o magnata continua: “Vou comer umas balinhas, caso eu comece a beijá-la. Sabe, eu sou atraído automaticamente pelas belas, eu só começo a beijá-las. Eu nem espero”, diz. “E quando você é uma estrela, elas deixam. Você pode fazer qualquer coisa. Agarra elas pela b…”

Um porta-voz da NBC não quis comentar o caso. A campanha de Trump afirmou que a conversa é privada e ocorreu há mais de dez anos. “Bill Clinton fez bion pior que eu, não chega nem perto. Peço desculpas se alguém se ofendeu.”/ THE WASHINGTON POST

Tudo o que sabemos sobre:

Donald Trump

Tendências: