Revista alemã retrata Trump como meteoro em rota de colisão com a Terra

Revista alemã retrata Trump como meteoro em rota de colisão com a Terra

Próxima edição do semanário Der Spiegel, um dos mais influentes e respeitados da Europa, diz que vitória do republicano representa o 'fim do mundo como nós o conhecemos'

Redação Internacional

11 de novembro de 2016 | 14h00

Célia Froufe
CORRESPONDENTE / LONDRES

A capa da revista semanal alemã Der Spiegel que circulará a partir de sábado, 12, traz um desenho do universo, com o planeta Terra pequeno e a aproximação de um meteoro, em escala bem maior, que lembra o perfil do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump. Na chamada, a revista afirma “O fim do mundo (como nós o conhecemos), no original “Das Ende Der Welt (wie wir sie kennen)”.

A publicação de Hamburgo, ainda uma das maiores e mais influentes da Europa continental, traz um longo material sobre os desdobramentos da vitória do republicano nos Estados Unidos e questiona em uma de suas reportagens o motivo pelo qual Trump saiu vitorioso.

Capa da próxima edição da revista alemã Der Spiegel (Reprodução)

Capa da próxima edição da revista alemã Der Spiegel (Reprodução)

A revista, cujo nome significa “O espelho” em português, foi parar na internet em 1994. No site da publicação, a primeira e a quarta notícia mais enviadas pelos leitores têm relação com a eleição de Trump. A segunda e a terceira são sobre a morte do cantor e compositor Leonard Cohen.

Na edição anterior, de número 45, a Der Spiegel trouxe uma foto de Trump e da concorrente democrata Hillary Cliton sujos de lama. O título da publicação foi grafado em inglês: The Next President (O Próximo Presidente), com o complemento em alemão: “Drehbuch einer Tragödie” (O roteiro de uma tragédia, em tradução livre).

Tudo o que sabemos sobre:

Der SpiegelDonald Trump

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: