Trump faz pausa em transição para se reunir com empresários indianos

Trump faz pausa em transição para se reunir com empresários indianos

Segundo porta-voz do presidente eleito dos EUA, encontro foi não foi uma reunião normal, mas uma 'visita de cortesia para parabenizar o presidente eleito pela vitória' na eleição

Redação Internacional

20 de novembro de 2016 | 19h27

NOVA YORK – O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, se reuniu com um grupo de empresários indianos que estão construindo um de seus edifícios em Mumbai durante uma pausa nas reuniões que estão ocorrendo para definir nomes que o acompanharão no governo em 2017.

Os empresários indianos publicaram nas redes sociais fotos do encontro, que ocorreu no escritório do empresário republicano na Trump Tower, em Manhattan, segundo o “New York Times”. Em uma imagem divulgada no Twitter é possível ver Trump fazendo sinal de positivo e sorrindo ao lado de três empresários indianos.

Empresários indianos se reuniram com Donald Trump na Trump Tower depois da vitória do magnata na eleição presidencial (Reprodução/Twitter)

Empresários indianos se reuniram com Donald Trump na Trump Tower depois da vitória do magnata na eleição presidencial (Reprodução/Twitter)

A porta-voz de Trump, Breanna Butler, explicou que o encontro não foi uma reunião normal. “Era uma visita de cortesia dos empresários para parabenizar o presidente eleito pela vitória”.

O empresário Sagar Chordia publicou na quarta-feira, no Facebook, fotos nas quais aparecem dois dos filhos de Trump, Ivanka e Eric, que trabalham nos negócios do pai. Chordia confirmou ao jornal americano informações divulgadas pela imprensa indiana que afirmavam que os três empresários abordaram com Trump o desejo de ampliar os negócios entre as partes.

Perguntado sobre o encontro em entrevista à “CNN”, o futuro chefe de gabinete de Trump, Reince Priebus, afirmou que a Casa Branca “cumprirá todas as leis”. “O conselheiro legal da Casa Branca revisará tudo para garantir que não haverá nenhum crime ou influência sob a mesa”, disse.

Os negócios do presidente eleito e a participação de sua família na empresa e no processo de transição política despertam dúvidas sobre possíveis conflitos de interesse. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:

Donald Trumpempresáriostransição

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.