Goiás: o coração do Brasil galgando um lugar ao sol na Feira de Turismo ITB

Fátima Lacerda

06 Março 2015 | 08h48

WIN_203.jpg

A era Pós-Copa fica bem clara no estande da Embratur na ITB deste ano. A decoração é menos bombástica, o mascote Fuleco sumiu, os malabaristas da bola, também. Um Banner, meio escondido menciona, en passant, os Jogos Olímpicos de 2016.

Na hora de pico de público são sorteadas bolas de futebol assinadas por ex-craques da seleção brasileira.

As lindas fotos de destinos turísticos em tamanho XXL no miolo do estande são contraponto ao aglomerado de expositores que aumentam a cada ano enquanto o local para alojá-los permanece do mesmo tamanho. Descobrir quem representa qual cidade exige um passar o pente fino nos diversos compartimentos em forma de box.

Por feliz coincidência (e não pela transparência que o estande deveria oferecer) encontrei Maria Cristina, Chefe do Gabinete da Goiás Turismo. O estado fincado no coração do Brasil não foi homenageado com um cartaz XXL, mas recompensa a desvantagem por estar posicionado no lugar mais visível do estande: Entre o corredor e o balcão de catering, este ano, “vigiados” por esculturas de barro de duas austeras baianas de silueta inusitada.

Muito comunicativa, sabendo vender seu peixe de forma igualmente simpática e profissional, Maria Cristina logo contactou pelo telefone o presidente Leandro Garcia,  um jovem focado no seu objetivo e que não se cansa em ressaltar, em mínimos detalhes, as belezas do seu estado.

Leandro falou exclusivo com o Blog.

WIN_20150305_145544.jpg©Fátima Lacerda

FL: Vocês vieram representar o Estado de Goiás. Quais os destinos mais procurados?

LC: A Chapada dos Viaderos, pela questão ambiental, as Águas Quentes de Caldas Novas e a Regiões de Rio Quente, que ostenta o prêmio de melhor Resort de águas do mundo.

Como posicionar no mercado internacional, Goiás, um estado que não é um dos mais conhecidos do Brasil?

Estamos procurando novos mercados. Da feira de turismo em Lisboa viemos para Berlim com um entusiamo muito grande e felizes por estarmos sendo procurados por várias operadoras da Alemanha e França, interessadas em material de promoção para captar os clientes de um segmento que busca o ecoturismo. Esse é o perfil mais procurado.

Em uma primeira participação na Feira, é possível obter resultados consistentes?

Na feira a gente faz muito contato, mas já estamos focados num retorno com uma missão mais pontual em forma de workshops e oficinas com as agências para nos colocarmos á sua disposição de uma forma mais eficiente.

Eficiência baseada em que?

Em delinear todo o tarifário, valores, a forma de se comprar e apresentar a estrutura certa para promover os destinos do nosso estado.

A que ponto o Brasil como sede da Copa do Mundo, ajudou a aumentar o grau de conhecimento de Goiás?

A marca Brasil, promovida pela EMBRATUR, tem um reconhecimento muito grande. De fato, a Copa do Mundo teve uma significativa importância em tornar o Brasil mais conhecido do que já era. Tivemos bons resultados no âmbito dos transportes, da logística e isso fortaleceu ainda mais os outros destinos. Agora é a hora de colher. O pós-Copa é a motivação de muitos, poderem visitar o país que foi sede da Copa e com certeza, os turistas estrangeiros que tiveram no Brasil durante o período do torneio, levam suas experiências para casa e para seus amigos, instigando neles um maior interesse pelo Brasil.

Quanto à cidade de Berlim. Você já teve oportunidade de conhecê-la. Como a percebe?

Sim, fizemos um tour pela cidade, que é muito bonita, uma infraestrutura muito bela. Fiquei maravilhado. Berlim é uma cidade muito interessante e de um povo muito hospitaleiro. Fico muito feliz de estar participando da feira, que com certeza, será a primeira de várias outras vindas.

Links relacionados:

www.goiasturismo.go.gov.br

http://veredasdorioquente.com.br/RegiaoAguasQuentes.aspx

http://www.caldasnovas.com.br/reserve/index.php/pt/

http://www.rioquenteresorts.com.br/tour

http://www.guiachapadaveadeiros.com/sobre-a-reserva

Mais conteúdo sobre:

BerlimEcoturismoGoiás TurismoITB