Hertha Berlim x Borussia Dortmund no Estádio Olímpico pelo Campeonato Alemão

Fátima Lacerda

11 de março de 2017 | 09h41

Depois da sensacional Gala jogando em casa contra o Benfica numa noite que entrou para a história do futebol europeu e onde o torcedor só tinha olhos para os duelos BVB X Benfica, a equipe de Dortmund, finalmente, almejou o entrosamento que os torcedores tanto esperaram.

Barça X PSG

A imprensa alemã, em sua rotineira dialética do copo meio vazio afirma que o Hertha Berlim, um time difícil de angariar simpatia, seria o “Adversário paúra” do BVB.

Em coletiva de imprensa antes do time viajar para Berlim, um jornalista ressaltou o ritmo estressante de jogos do BVB (terça-feira, sábado e na próxima sexta-feira em partida remarcada devido à tempestade de neve, valendo a Taça da Alemanha).

O ritmo intenso de jogos

Em tom de leveza e ainda carregado pela superpartida contra o Benfica, Tuchel foi honesto quando declarou sobre o tema “rotação” e a provável atuação de jogadores que ficaram no banco nos últimos jogos, como por exemplo, o capitão Marcel Schmelzer que veste a camisa número 29.

O jogo contra o Benfica foi tão intenso! A gente precisa de um tempo para digerir e também curtir o sucesso. Contra o Hertha Berlin estarão jogadores que atuaram no jogo de quarta-feira (08), porém não estarão em suas melhores formas físicas, mas terão que mostrar garra. Temos uma temporada da Bundesliga pra jogar e estamos focados nos nossos objetivos“.Tuchel ainda ressaltou evitar grandes “rotações para manter o nível” da equipe que está no ápice do seu desempenho desde o início da rodada de volta do campeonato alemão.

Tuchel sobre o atual time do Hertha

“Um time muito tinhoso, paciente. Tem uma estatística fenomenal concernente aos jogos em casa. Uma equipe paciente, compacta. É difícil angariar chances de gol contra ela além da equipe ter uma defesa disciplinada. Por isso é importante que fiquemos concentrados em todas as fases do jogo. Nós temos fome de bola, queremos controlar o jogo e o contra-ataque”.

Ascensão meteória de Dembélé

Quando o francês, que na época jogador do Stade Rennes assinou contrato com o BVB, ele não “somente” marcou um Upgrade de responsa em sua carreira, atuando num dos melhores times da Europa, mas para a surpresa de torcedores, diretoria e técnico, Dembelé se tornou um dos jogadores decisivos do time. A dobradinha com o atacante Aubameyang (17) e Dembelé (7) no meio campo não poderia dar mais certo. Ingredientes: o mesmo idioma, background cultural e vontade de ganhar títulos. Mais do que isso. Entendeu rapidamente a mentalidade do Borussia.

Que ele conseguiu se integrar de forma tao rápida na equipe foi uma surpresa, já que não há como fazer um prognóstico para um cenário desses. Ao mesmo tempo era de se esperar, com o talento fenomenal que ele tem“, concluiu Tuchel com um sorriso nos lábios.

As estatísticas não mentem

22 jogos pelo BVB

6 gols

10 assistências

No vígésimo quarto jogo da atual temporada, o Borussia Dortmund ocupa o terceiro lugar da tabela, com 43 pontos, 13 atrás do atual líder, o FC Bayern com 56.

Goiabada com queijo

A dobradinha Aubameyang e Dembele será chave para uma vitória sobre o clube de Berlim. Vale lembrar que na competição valendo a Taca da Alemanha, a DFB Pokal, o clube treinado pelo húngaro Pál Dárdai foi eliminado nas quartas de final pelo Borussia em jogo dramático. O sonho dos Herthanos em realizar a Final da DFB-Pokal no próprio estádio, foi adiado.

Fica o suspense se, na tarde de sábado (15:30 horário local) irá partir para uma “Revanche” pela humilhação sofrida no início de fevereiro, mas uma coisa é certa: o BVB se encontra na sua melhor fase depois da dolorosa saída de Mats Hummels no final da última temporada. O time jovem foi se aprumando e se encontra agora na melhor fase de entrosamento desde o início da temporada da Bundesliga 2016/2017. Que o jogador Mario Götze está totalmente fora da atual trilha gloriosa do time exibe, mais uma vez, o erro crasso da diretoria na recontratação, querendo arriscar um Vale a Pena Ver de Novo. Mario está, atualmente, fora de combate por problemas de metabolismo e há tempos não aparece na lista dos escalados.

Para acompanhar no Twitter:

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.