Primeira edição do Lollapalooza em solos berlinenses: sucesso total

Fátima Lacerda

13 Setembro 2015 | 07h33

dsc_8074_1442079711.jpg©BZBerlin

40.000 ingressos já estavam esgotados dias antes da primeira edição do mega festival. Depois de Argentina, Chile e Brasil, foi Berlim que os promotores escolheram para fazer concorrência aos mega-festivais no velho continente. O lugar dos shows não poderia ser mais simbólico e combinar mais com o clima de Woodstock Reloaded pós-globalizado: o prédio do ex-Aeroporto Tempelhof (veja artigo de 04/09), que durante a Guerra Fria era comandado pelas forças militares americanas. Neste fim de semana  (12 & 13), nas ex-pistas de decolagem, vê-se uma multidão esfomeada por entretenimento e música, do Rock ‘n Roll à música eletrônia e, nos intervalos, os DJ’s famosos. Tudo isso a céu aberto e curtindo de forma visceral a onda de Freiheit que não poderia representada de melhor forma do que no ex-aeroporto, outrora ferida aberta da cidade dividida.

O primeiro dia

As atrações que arrebataram o público berlinense, calejada no quesito em segurar a onda de um festival (seja ele) de 3 dias, sem amarelar. O Lolla chega em hora apropriada e já mostrou que apresenta séria concorrência para o até então inabatível mega Berlin Festival, que por indefinicao do Senado de Berlim sobre o uso do ex-aeroporto a longo prazo, mudou de locação para o Arena Park perto da área verde Treptower Park e antecipou o festival para o mês 05, deixando o mês de setembro livre para o Lolla.

GregorFischer.jpg©Gregor Fischer/DPA

Relíquia da música eletrônica Fatboy Slim, junto com Duo-Macklemore & Ryan Lewis, assim como o representante do pop britânico, Franz Ferdinand que não se apresentou sozinho, foram alguns dos acts do primeiro dia (12) .Porém sem dúvida, o show mais esperado era do Bad-Boy Pete Doherty (36), ex da ex-top model Kate Moos. Recentemente tendo cancelado um show na Inglaterra “por motivo de urgência médica”, o frontman do “The Libertines” chegou com toda a gana em Berlim: Em um alemão respeitável ele desejou  à plateia “Guten Morgen, Berlin!” já nas primeiras horas de domingo.

O que muitos jornalistas desconhecem, é que Pete tem raízes alemães. Viveu sua infância na pacata cidade de Krefeld, região da Renânia do Norte-Vestfália. Seu pai era soldado das forças militares britânicas. Pete também aprontou in Germany. Tem uma história de um roubo na cidade de Regensburg, cidade à margens do Rio Danúbio e o pior dos tiros no pé do enfant-terrible britânico foi em show na região da Baviera, onde teria cantado a primeira estrofe do Hino Nacional Alemão, essa que era a única usada na época do nacionalsocialismo de Hitler. Os nazistas haviam reduzido o hino à primeira estrofe, que mais tarde viria a ser proibida, o que vigora até hoje.

Marketing reduzido

Na mídia alemã e europeia, o chamativo para visitar o festival foi sua história inicial em Chicago. Que o Lolla há tempos balança o Chile, Argentina e Brasil, passou quase desapercebido pela mídia alemã. Quando se menciona esses países, fala-se de “filiais” do festival, como se fosse um apêndice, o que não confere.

O que não funcionou

Devido a problemas de canalização, as filas em frente aos banheiros era do tamanho daquelas da cidade do Rock no RJ. Para o segundo dia, o domingo, a produção anunciou a disponibilidade de cabines de banheiros.

Trovão sobre Berlim

Não somente a redação do jornal Berliner Zeitung, localizada em Alexanderplatz, bem longe do local do Festival, atestou poder ouvir o som do último andar do prédio e provou isso postando um vídeo na internet.

O meu prédio, que fica somente 10 minutos de bicicleta do ex-aeroporto, tremia já no início da noite e consternou muitos vizinhos por não conseguirem localizar de onde vinha um trovão musical acompanhado de calorosos aplausos e urros da platéia.

laura-maria_1442068577-768x432.jpg©BZBerlin

Lollapalooza Fun Fair

Para ratificar o clima de Woodstock Reloaded, de um “circo hippie” como mencionou o colega dinamarquês, na Fun Fair se apresentaram artistas de ruas, acrobatas, mágicos. Tinha até cartomantes. Entre um act e outro, rapidinho checar o futuro por um valor bem salgado. Isso é Marketing!

Kidzapalooza

Garantia para a criançada um playground com brinquedos e atividades para que os pais possam curtir as bandas.

O pontapé de largada da primeira ediçao do Lolla em Berlim, nao poderia ter sido melhor. Agora é defender a posicao e partir para o repeteco. Porém há uma pergunta que não quer calar. Como em breve, 1400 refugiados serão abrigados em dois hangares do ex-aeroporto, é uma dúvida como Berlim irá combinar esses dois aspectos de uso, aspectos esses que não poderiam ser mais antagônicos.

Links relacionados:

https://www.youtube.com/watch?v=7Cn3PeKvfKE

https://www.youtube.com/watch?v=Q8LarDlzEw8

 #Hastags:

#lollaberlin

#berlin #vscocam

#vsco

#airbnb