Estreia da série no Netflix leva Wagner Moura para as ruas de Berlim

Fátima Lacerda

26 de agosto de 2015 | 08h42

Narcos17590255.jpg© Daniel Daza,Netflix / Divulgação

Durante esses dias, não há uma esquina, um outdoor nos pontos de ônibus,  que não exibam um cartaz do novo trabalho do ator Wagner Moura para o  Netflix. “Eu as vezes sou Deus“, assim o ditado original do temido Pablo Escobar no cartaz da série “Narcos” que terá estreia sexta-feira (28).

Mesmo que Wagner já tenha passado várias vezes por Berlim, primeiramente em 2008 com Tropa de Elite I, depois em 2010, com Tropa II e 2014 como protagonista da coo-produção alemã brasileira, “Praia do Futuro“, todas as vezes no Festival de Berlim é no mínimo, inusitado, vislumbrar nos cantos mais afastados da cidade, a foto do incomparável ator brasileiro exibida em outdoors como neste ponto de ônibus na Alameda Argentinsche Alle, no bairro de Zehlendorf, sul da capital.

NARCOS2.jpg

Bem ao contrário do estéril e ensaiado alemão, falado pela personagem de Wagner no filme “Praia do Futuro”, a versão para o público alemão é muito bem dublada, além de exibir trechos em tom original com Wagner mandando um espanhol para alemão nenhum botar defeito. A instigante dinâmica dessa produção tem a assinatura de um parceiro de longa data de Wagner: José Padilha.

https://www.youtube.com/watch?v=80v6wFdgJLo

Vale lembrar que, mesmo no período pós-globalizado em que vivemos, a indústria de dublagem na Alemanha ainda é muito forte e determinante para o sucesso dos filmes no mercado. Claro que tem expectadores que prezam justamente os filmes em linguagem original, mas essa é a esmagadora minoria.