As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A popularidade de Obama é quase o dobro da de Fidel em Cuba

gustavochacra

08 de abril de 2015 | 16h03

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, tem quase o dobro da popularidade de Fidel Castro em Cuba. Segundo pesquisa realizada pelo diário Washington Post em colaboração com o canal de TV Univision na ilha caribenha, o líder americano possui 80% de imagem positiva contra 44% do líder cubano – seu irmão, Raul Castro, hoje no comando, possui 47%.

E não é apenas o presidente americano que os cubanos preferem. Perguntados para qual país gostariam de morar se fossem embora de Cuba, 52% escolheriam os EUA. E quase a unanimidade dos cubanos (97%) defende a aproximação com os Estados Unidos.

Sobre a política interna cubana, os resultados são os seguintes

. De cada de cinco cubanos, quatro (79%) dizem estar insatisfeitos com o atual sistema econômico contra um (19%) que diz estar satisfeito

. 53% dizem estar insatisfeitos com o sistema político; outros 39% dizem estar satisfeitos

. no caso da saúde, o apoio é maior – dois terços (68%) estão satisfeitos, contra 32% insatisfeitos

. na educação, o resultado é positivo para Cuba – 72% satisfeitos, contra 28% insatisfeitos

. para 52%, Cuba deveria ter mais de um partido; 28% acham que um partido é o suficiente

. 58% disseram ter uma imagem negativa do Partido Comunista; 32%, positiva

. apenas 19% disseram que podem se expressar livremente em Cuba

. Para 64%, a aproximação com os EUA pode mudar o sistema econômico; em relação ao sistema político, há pessimismo, pois apenas 37% acham que irá mudar

. Quase a unanimidade (96%) defende o fim do embargo americano

. 89% disseram que Obama deveria visitar Cuba; e 83% disseram que Raul Castro deveria visitar os EUA

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco são permitidos ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus.