As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Como Obama, Romney também deportaria imigrantes e usaria drones no Iêmen

gustavochacra

19 de outubro de 2012 | 10h46

Eleições nos EUA 2012

 Escrevi aqui ontem sobre algumas ações que podem parecer surpreendentes para os defensores de Obama. Mas, como lembrou bem em telefonema para mim a correspondente em Washington do Estadão, Denise Chrispim, e a minha amiga doutoranda em antropologia pela Universidade Columbia, Gabrielle Oliveira, é importante ver como Romney responderia a algumas destas questões. Obviamente, não seria muito diferente do presidente. Se quiserem algo novo, busquem no Google os nomes “Gary Johnson”, candidato libertário, e o de “Jill Stein”, do Partido Verde.

 Bom, vamos as respostas de Romney

1. Como Obama, você defende a deportação de 1 milhão de imigrantes sem documentos?

Romney aparenta ser ainda mais conservador do que Obama na questão da imigração, chegando a defender a “self-deportation”

2.  Como Obama, você defende que, para descobrir como funciona o tráfico, armamentos sejam enviados para os traficantes no lado mexicano da fronteira (fast and furious)?

Romney é contra esta ação de Obama

3. Como Obama, você defende o protecionismo dos EUA, afetando as exportações brasileiras e a economia do nosso país?

Romney defende o livre comércio

4. Como Obama, você acha que um presidente dos EUA simplesmente não deva citar a América Latina em seu discurso na convenção democrata e nos dois debates?

Romney citou a América Latina nos dois debates ao defender o livre comércio com a região

  5. Como Obama, você acha que a Rio+20 deveria ser sabotada?

Romney tende a ser ainda mais conservador e questões ambientais do que Obama e provavelmente não compareceria à Rio+20

 6. Como Obama (e diferentemente de Fernando Henrique Cardoso), você acredita que a legalização da maconha deva ser combatida com dureza?

Romney adotaria a mesma posição de Obama

7. Como Obama, você apóia bombardeios com drones contra suspeitos de terrorismo, sem direito a um julgamento, no Iêmen e no Afeganistão ainda que, como efeito colateral, crianças e mulheres, além de outros inocentes, sejam mortos?

Romney apóia estes bombardeios de Obama com Drones. É um consenso entre os dois

 8. Como Obama, você não vê problemas em Israel e Palestina não negociarem há quatro anos?

Romney diz que é um problema grave

9. Como Obama, você considera um adversário o único premiê israelense da história a congelar a construção de assentamentos e incentivar a economia palestina?

Romney considera Netanyahu o maior aliado dos EUA e irá a Israel em sua primeira viagem ao exterior

 10. Como Obama, você é contra a aceitação da Palestina como membro de órgãos como a UNESCO?

Romney é contra a inclusão da Palestina em qualquer organização internacional

 11. Como Obama, você defende a multiplicação de tropas americanas na Guerra do Afeganistão, que já estava perdida, levando inutilmente à morte centenas de jovens americanos e dezenas de milhares de afegãos?

Romney concordou com o surge de Obama no Afeganistão

12. Como Obama, você acha certo os EUA terem como seus maiores aliados no mundo árabe nações onde há Apartheid contra as mulheres, como Arábia Saudita e Qatar?

Romney manteria as boas relações com os sauditas

13. Como Obama, você defende grupos rebeldes ligados à Al Qaeda na Síria?

Romney também defende a oposição síria

14. Como Obama, você retiraria da lista de grupos terroristas uma organização que foi apoiada e bancada por Saddam Hussein para realizar atos terroristas?

Romney nunca se manifestou sobre o assunto

 15. Como Obama, você discursaria para o mundo islâmico e em seguida se reuniria com o ditador Hosni Mubarak, do Egito?

Romney foi contra o discurso para o mundo islâmico

16. Como Obama, você gastaria centenas de bilhões de dólares dos americanos para praticamente não reduzir a taxa de desemprego (estaria em quase 11% se a população economicamente ativa fosse proporcionalmente a mesma de 2007)?

Romney é totalmente contra políticas econômicas keynesianas, como a de Obama

17. Como Obama, você avalia que o governo deva cobrar mais impostos para burocratas, e não você, decidir como gastar o seu dinheiro?

Romney é totalmente contra a elevação de impostos, defendendo um Estado menor

 18. Como Obama, você salvaria gigantes que não inovaram, como a General Motors, com dinheiro público, enquanto deixaria na mão milhares de pequenos empreendedores?

Romney achava que a GM deveria entrar em concordata, mas não está claro se usaria dinheiro público para salvá-la

 19. Como Obama, você esperaria pelo seu quarto ano de mandato para reconhecer o direito de homossexuais se casarem e ainda assim depois de uma gafe de seu vice-presidente?

Romney, no passado, reconhecia este direito. Hoje é totalmente contra

20. Como Obama, você acha certo anunciar os bombardeios à Líbia em território brasileiro apesar de o Brasil ser contra?

Romney defendia os bombardeios à Líbia

Leiam ainda o blog Radar Global. Acompanhem também a página do Inter do Estadão no Facebook

Comentários islamofóbicos, anti-semitas e anti-árabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

O jornalista Gustavo Chacra, correspondente do jornal “O Estado de S. Paulo” e do portal estadão.com.br em Nova York e nas Nações Unidas desde 2009, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade ColumbiaTambém é comentarista do programa Em Pauta, na Globo News. Já fez reportagens do Líbano, Israel, Síria, Cisjordânia, Faixa de Gaza, Jordânia, Egito, Turquia, Omã, Emirados Árabes, Iêmen e Chipre quando era correspondente do jornal no Oriente Médio. Participou da cobertura da Guerra de Gaza, Crise em Honduras, Crise Econômica nos EUA e na Argentina, Guerra no Líbano, Terremoto no Haiti e crescimento da Al-Qaeda no Iêmen.  No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires. Este blog foi vencedor do Prêmio Estado de Jornalismo, empatado com o blogueiro Ariel Palacios


Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.