As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Como um maluco conseguiu burlar o serviço secreto e entrar na Casa Branca?

gustavochacra

30 de setembro de 2014 | 13h29

Sempre que viajo de avião aqui nos EUA, não posso levar a pasta de dentes, a não ser que seja minúscula, preciso tirar o sapato e ainda passar por detectores de metal. Os demais passageiros passam pelo mesmo processo. Tudo para evitar um atentado terrorista.

Além disso, os EUA gastam bilhões para bombardear supostos alvos da Al Qaeda no Yemen e no Paquistão. Também para evitar um atentado terrorista.

Mas, apesar de tudo isso, o serviço secreto dos EUA não conseguiu impedir que um cidadão armado com uma faca pulasse a cerca, invadisse a Casa Branca pela porta de frente e chegasse ao East Room, tendo potencial para matar o presidente Barack Obama ou algum de seus familiares. 

 Sem falar na questão do trem. Apesar de toda a segurança no avião, você pode viajar de trem de Nova York para Washington sem a necessidade de passar por detectores de metal, inspeção da bagagem ou sequer mostrar documentos. Embora um avião seja um alvo mais provável, tivemos atentados contra trens em Madri.  A Penn Station, de Nova York, é o lugar mais movimentado da cidade. E, no mesmo lugar, fica o Madison Square Garden.

Não entendo nada. De verdade. Por que a segurança no avião é tão rigorosa e no trem não (já escrevi sobre o tema outras duas vezes no blog)? E por que é necessário bombardear o Yemen para garantir a segurança dos EUA, se nem sequer a Casa Branca está segura?

Não sei como faz para publicar comentários. Portanto pediria que comentem no meu Facebook (Guga Chacra)  e no Twitter (@gugachacra), aberto para seguidores

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco são permitidos ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus. Escrevam para mim no gugacha

Tendências: