As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

De 11 intervenções no Mundo Islâmico, EUA tiveram sucesso em 1, com Bush pai

gustavochacra

10 de setembro de 2014 | 11h17

Os Estados Unidos se envolveram em onze conflitos ou crises no Oriente Médio e na Ásia Central desde 1980. E apenas uma destas intervenções foi bem sucedida (Guerra do Golfo). Por este motivo, há correntes isolacionistas nos EUA que enxergam com cautela as ações contra o ISIS no Iraque e agora na Síria. Ainda assim, o presidente Barack Obama conta com apoio popular para bombardeios aéreos contra o grupo radical, desde que não envie tropas terrestres. E deve formar uma coalizão nos moldes de Bush, o que sempre contribui para o sucesso. Mas quais foram as 11 vezes que os EUA se envolveram na região?

1. Invasão Soviética do Afeganistão (Anos 1980)

O que os EUA fizeram – Armaram os mujahedeen para lutar contra os soviéticos

Resultado – Os mujahedeen venceram, mas instalaram um governo ultra radical em Cabul conhecido como Taleban. Os estrangeiros que foram lutar ao lado dos afegãos armados pelos EUA formaram a Al Qaeda. Esta organização realizaria o 11 de Setembro, o ataque contra o USS Cole no Yemen e os atentados contra Embaixadas dos EUA na África

2. Guerra Civil do Líbano (1983)

O que os EUA fizeram – Enviaram tropas de paz para o Líbano

Resultado – Forças americanos foram irrelevantes para estabelecer a paz e foram alvo de atentado terrorista que matou 300 pessoas, sendo 241 marines americanos. A Embaixada dos EUA também explodiu em ataque terrorista, com 63 mortos, sendo 17 americanos

3. Guerra Irã-Iraque (Anos 1980)

O que os EUA fizeram – Armaram o regime de Saddam Hussein e venderam clandestinamente armas para o Irã

Resultado – Saddam virou um dos maiores inimigos dos EUA e o regime de Teerã permaneceu como um dos maiores inimigos americanos

4. Guerra do Golfo (1991)

O que os EUA fizeram – Os EUA montaram uma ampla coalizão internacional para remover as tropas invasoras de Saddam Hussein do Kuwait

Resultado – Os EUA conseguiram forçar em poucas semanas a retirada das forças de Saddam do Kuwait e neutralizaram o regime do ditador em Bagdá. Foi a mais bem sucedida ação americana na região

 5. Bombardeios ao Iraque (1998)

O que os EUA fizeram – Lançaram uma campanha de bombardeios contra Saddam Hussein durante o governo Clinton

Resultado – Muitos dizem que o único objetivo foi desviar a atenção de questões de política doméstica e mesmo pessoais do presidente americano

6. Guerra do Afeganistão (2001 até hoje)

O que os EUA fizeram – Enviaram dezenas de milhares de soldados, lançaram uma mega campanha de bombardeio e ainda tentam ajudar na reconstrução do país

Resultado – Derrubaram, em um sucesso inicial, o regime do Taleban e conseguiram destruir bases da Al Qaeda. Mas 13 anos depois, as forças americanas ainda estão no Afeganistão, há uma crise envolvendo as últimas eleições e o Taleban voltou a se fortalecer

7. Guerra do Iraque (2003 até hoje)

O que os EUA fizeram – Assim como no Afeganistão, enviaram dezenas de milhares de soldados, lançaram uma mega campanha de bombardeio e tentam ajudar na reconstrução do país (a diferença é que não existia Al Qaeda no país, diferentemente do Afeganistão)

Resultado – Depois de um sucesso inicial, com a queda de Saddam, viram o surgimento da Al Qaeda no país. Com a estratégia do Surge entre 2006 e 2008, a rede terrorista foi derrotada. Mas nos últimos meses o ISIS passou a dominar enormes porções do país, incluindo a segunda cidade. Além de centenas de milhares de iraquianos mortos em uma década, morreram também 4 mil americanos em combate e um número ainda maior se suicidou depois de voltar aos EUA

8. Drones no Yemen

O que os EUA fizeram – usam drones para bombardear alvos da Al Qaeda

Resultado – membros do grupo teriam sido mortos, mas os americanos são acusados de matar centenas de civis nos bombardeios

9. Drones no Paquistão

O que os EUA fizeram – usam drones para bombardear alvos da Al Qaeda

Resultado – enfraqueceu a rede terrorista, mas os americanos são acusados de matar centenas de civis nos bombardeios, provocando revolta no Paquistão

10. Intervenção Militar na Líbia

O que os EUA fizeram – lideraram campanha de bombardeios para remover o regime de Muamar Kadafi

Resultado – Kadafi foi deposto, mas dezenas de milhares de pessoas morreram, um terço da população é refugiada e hoje há dois governos paralelos no país, ambos controlados por milícias, sendo um deles ligados à Al Qaeda e responsável pelo atentado que matou o embaixador americano em Benghazi

11. Apoio à Oposição na Síra

O que os EUA fizeram? Deram apoio logístico a grupos rebeldes e diplomático a opositores na Síria para tentar remover o regime de Assad

Resultado – alguns dos grupos que os EUA apoiavam se aliaram à Frente Nusrah, braço da Al Qaeda na Síria, e alguns de seus membros optaram por integrar o ISIS. Assad permanece no poder em Damasco

Não sei como faz para publicar comentários. Portanto pediria que comentem no meu Facebook (Guga Chacra)  e no Twitter (@gugachacra), aberto para seguidores

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco são permitidos ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus. Escrevam para mim no gugacha

Mais conteúdo sobre:

Guga Chacra