As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

De Tel Aviv a Ramallah – O que é ser pró-Israel ou pró-Palestina

gustavochacra

20 de novembro de 2010 | 14h32

Em debates sobre Oriente Médio, existe uma discussão ultrapassada sobre se a pessoa é pró-Israel ou pró-Palestina, como se fosse impossível ser as duas coisas ao mesmo tempo. Já escrevi sobre este assunto antes, mas decidi comentar de novo. Basicamente, as pessoas podem adotar as seguintes posturas sobre o conflito envolvendo israelenses e palestinos

1. Dois Estados

O que é – Um Estado palestino ao lado do Israelense

Quais os obstáculos – Definir as fronteiras, resolver o status final de Jerusalém e  a questão dos refugiados

Quem defende – Autoridade Palestina, Israel, Todos os países árabes (incluindo a Síria e o Líbano), Estados Unidos, União Européia, Rússia, China, Brasil e ONU

Quem é contraIrã e Hezbollah. O Hamas já indicou que aceitaria esta solução, apesar de não se posicionar oficialmente

2. Estado Binacional

O que é – Palestinos  (cristãos, muçulmanos, druzos e ateus) e israelenses (judeus, muçulmanos, cristãos, druzos e ateus) vivendo no mesmo país. Cada pessoa, um voto

Quem defende – Alguns intelectuais ao redor do mundo e cresce também a popularidade entre os palestinos

Quem é contra – Todos os que defendem a solução de dois Estados e as que falarei abaixo

3. Estado Israelense de Apartheid

O que é – Israel controlando todo o território, incluindo a Cisjordânia. Os palestinos ali residentes não teriam direito à cidadania de Israel

Quem defende – Alguns setores da extrema direita de Israel

Quem é contra – Todos os outros

4. Estado Israelense com limpeza étnica dos palestinos

O que é – Israel ocupando todo o território, incluindo a Cisjordânia. Os palestinos ali residentes seriam expulsos para outros países árabes em um crime contra a humanidade

Quem defende – A extrema-extrema direita dos colonos isralenses

Quem é contra – Todos os outros

5. Estado Palestino com limpeza étnica dos israelenses judeus

O que é – A Palestina em todo o território, incluindo Israel. Os judeus que ali vivem seriam expulsos em um crime contra a humanidade

Quem defende – O Hezbollah e o setores do regime iraniano, incluindo AHmadinejad

Quem é contra – Todos os outros (inclusive o Hamas)

Os leitores podem escolher qualquer uma das opções acima. A primeira tende a ser pró-Israel e pró-Palestina. A segunda, depende do ponto de vista e é um debate interessante. As terceira, a quarta e a quinta são anti-Israel e anti-Palestina. Afinal, o Estado que ali vencesse, seria um pária internacional

Comentários islamofóbicos, anti-semitas e anti-árabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes

O jornalista Gustavo Chacra, mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia, é correspondente de “O Estado de S. Paulo” em Nova York. Já fez reportagens do Líbano, Israel, Síria, Cisjordânia, Faixa de Gaza, Jordânia, Egito, Turquia, Omã, Emirados Árabes, Yemen e Chipre quando era correspondente do jornal no Oriente Médio. Participou da cobertura da Guerra de Gaza, Crise em Honduras, Crise Econômica nos EUA e na Argentina, Guerra no Líbano, Terremoto no Haiti e crescimento da Al Qaeda no Yemen. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires. Este blog foi vencedor do Prêmio Estado de Jornalismo em 2009, empatado com o blogueiro Ariel Palacios

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.