As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Em qual cenário os republicanos se afastariam de Trump?

gustavochacra

24 Janeiro 2017 | 17h24

Ainda está no começo da Presidência de Donald Trump. Mas dá para fazer um questionamento – os republicanos têm 100% garantida a Presidência até 2021. E podem ter esta Presidência COM TRUMP, que possui uma agenda distinta em muitos pontos da do partido, ou SEM TRUMP, com Mike Pence, um conservador e republicano tradicional como presidente.

No curto prazo, Trump está garantido no comando. No médio prazo, os republicanos começarão a observar três questões – 1) como tem sido o governo Trump 2) como está a popularidade de Trump 3) se há algum escândalo em seu governo.

No longo prazo, caso o governo não esteja muito em acordo com os ideais dos republicanos (1), a popularidade de Trump esteja em queda e uma possível reeleição ameaçada (2) e houver algum escândalo (3), obviamente os republicanos poderão optar pela Presidência SEM TRUMP.

Trump, neste período, terá como meta ampliar sua popularidade e evitar escândalos. Desta forma, terá solidez no poder e, basicamente, transformará o Partido Republicano em um partido nacionalista diferente, em muitos pontos, de seu perfil conservador nas últimas décadas. E, claro, poderá não apenas manter a maioria no Congresso como também continuar no poder até 2025.

Neste momento, há uma certeza – Pence, que não apoiou Trump nas primárias, sabe que pode ser presidente. Lembrem que, nas primárias, todo o establishment republicano (incluindo os dois presidentes Bush e os ex-candidatos McCain e Romney) queria distância de Trump e buscava um candidato justamente com o perfil de Pence.

Guga Chacra, blogueiro de política internacional do Estadão e comentarista do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários na minha página no Facebook. Peço que evitem comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores. Também evitem ataques entre leitores ou contra o blogueiro.  Não postem vídeos ou textos de terceiros. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a minha opinião e não tenho condições de monitorar todos os comentários
Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor) e no Instagram