As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Foi ou não golpe a deposição de Morsy no Egito?

gustavochacra

04 de julho de 2013 | 09h01

Meu comentário sobre a crise no Jornal das Dez da Globo News  e no Globo News Em Pauta 

Assim como em Honduras e no Paraguai, existe a discussão neste momento sobre se foi golpe ou não o que aconteceu no Egito. Alguns órgãos de imprensa, incluindo o New York Times em editorial, cravam que sim. Outros, como a Associated Press, avaliam que não. Darei, neste post, subsídios para os dois pontos de vista e deixarei aberto para discussões.

Foi Golpe – Mohammad Morsy havia sido eleito democraticamente. Militares o retiraram do poder à força e o colocaram em prisão domiciliar, embora o presidente deposto não tenha cometido crime. Outros membros da Irmandade também foram detidos. O Parlamento, escolhido pelas vias democráticas, foi dissolvido. O novo governo, apesar de ter apoio da população nas ruas e de diferentes representantes da sociedade civil – e queda na popularidade não justifica deposição -, não foi eleito. O novo presidente interino seria um fantoche dos militares

Não foi Golpe – Os militares avisaram com uma semana de antecedência que Morsy deveria agir. Deram um ultimato de dois dias para ele chegar a um acordo com os opositores. Milhões de pessoas estavam nas ruas pedindo a queda do presidente deposto, que teria violado instituições democráticas e liberdades individuais, especialmente de minorias religiosas, ao longo de seu um ano de mandato. As Forças Armadas fizeram questão de colocar em seu lugar um presidente da Suprema Corte, não um general. Foi anunciado que haverá eleições em breve

O que vocês acham? Foi golpe ou não foi golpe?

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antisemitas e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus. Escrevam para mim no  gugachacra at outlook.com. Leiam também o blog do Ariel Palacios

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.