As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Guia blogueiro para entender a Super Tuesday

gustavochacra

01 de março de 2016 | 13h05

Por que a Super Tuesday é importante?

A Super Tuesday tem este nome porque é a primeira data em primárias presidenciais que eleitores de vários Estados votam. Ao todo, são 11 Estados nas primárias republicanas e 11 nas democratas. Quase todos são os mesmos (13 Estados ao todo). Alguns realizarão primárias e outros, cáucus. Até agora, as primárias eram apenas em um Estado por vez – Iowa (cáucus), New Hampshire, Carolina do Sul e Nevada (cáucus). Agora, é uma eleição mais nacional, embora a maior parte dos Estados onde ocorre votação hoje sejam no sul.

O que devemos observar na noite de hoje?

Em vez de observar quem ficou em qual colocação em determinado Estado, como ocorria até agora, desta vez devemos ver, primeiro, quantos delegados cada um dos candidatos conquistou. Lembro que quem tiver mais de 50% dos delegados no final das primárias será o candidato. Em segundo lugar, simbolicamente, tem importância ver quantos e quais Estados cada candidato deve conquistar.

Quem deve ser o vencedor entre os republicanos?

Entre os republicanos, Donald Trump é favorito para vencer em quase todos os Estados, apesar de sofrer oposição da maioria absoluta do establishment republicano (aliás, alguns dizem que isso o ajuda). Deve também obter o maior número de delegados, ampliando a sua liderança e consolidando o seu favoritismo. O senador Ted Cruz pode vencer no Texas, seu Estado e o maior com primárias hoje. Isso pode dar um fôlego, mas sua via para alcançar a nomeação é complicada. O senador Marco Rubio tentará vencer pelo menos em um Estado, mas aposta suas fichas na primária da Flórida no dia 15. John Kasich também pensa no dia 15, mas em Ohio, Estado onde é governador.

Quem deve vencer entre os democratas?

Entre os democratas, Hillary Clinton também deve vencer na maior parte dos Estados e, assim como Trump, se consolidar como candidata do partido. Bernie Sanders deve ganhar em  Massachusetts e Vermont (Estado que ele representa no Senado), mas terá dificuldades de ser o vencedor em Estados do Sul porque Hillary domina o eleitorado negro e hispânico, fundamental nesta noite.

Guga Chacra, blogueiro de política internacional do Estadão e comentarista do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários na minha página no Facebook. Peço que evitem comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores. Também evitem ataques entre leitores ou contra o blogueiro.  Não postem vídeos ou textos de terceiros. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a minha opinião e não tenho condições de monitorar todos os comentários

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor) e no Instagram