As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Maduro não era, não é e não será prioridade para Obama

gustavochacra

15 de abril de 2013 | 09h40

Vou direto ao ponto. Primeiro, os americanos ignoraram as eleições na Venezuela. O governo de Barack Obama possui temas considerados muito mais urgentes neste momento, como a crise na Península Coreana, a Guerra Civil da Síria e o programa nuclear do Irã. Nas TVs, apenas a Univision e a CNN internacional transmitiram o anúncio dos resultados. Fox News, NBC, MSNBC, CNN americana, ABC, CBS e CNBC não exibiram absolutamente nada. O New York Times, por sua vez, deu chamada na capa, enquanto o Wall Street Journal publicou texto interno sem os resultados.

Em segundo lugar, A vitória de ontem não alterará os planos da administração Obama para a Venezuela. Basicamente, deixam os chavistas manterem o discurso anti-EUA à vontade enquanto, nos bastidores, sabem que o presidente Nicolas Maduro busca uma aproximação com Washington.

Terceiro, o governo americano não é ingênuo e sabe bem que a vitória de ontem foi apertadíssima, com enormes suspeitas de fraude. O chavismo está enfraquecido e perdeu centenas de milhares de votos em relação à eleição no ano passado. Já Henrique Capriles viu sua popularidade subir. É muito difícil que nas próximas eleições, com a atual taxa de inflação e índice de violência, Maduro consiga se sustentar no poder.

Por último, os o governo dos EUA deve ficar atento para as disputas internas dentro do chavismo. A insatisfação com Maduro tende a crescer e o presidente nunca terá o poder de Hugo Chávez. Os americanos não querem instabilidade ou tentativas de golpe neste momento.

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antisemitas e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus. Escrevam para mim no  gugachacra at outlook.com. Leiam também o blog do Ariel Palacios

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.