As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Minha carta sobre Ben Carson para meus amigos republicanos

gustavochacra

09 de novembro de 2015 | 13h45

Ben Carson não é um mentiroso. Assim como muitos outros candidatos a presidente dos EUA, incluindo Hillary Clinton, ele exagerou ou simplesmente se expressou de forma equivocada sobre acontecimentos de seu passado.

Hillary, por exemplo, disse que chegou a desembarcar na Bósnia em meio a disparos de franco atiradores durante a guerra. Mas isso não era verdadeiro. Carson disse que ofereceram uma bolsa de estudos para ele na academia militar de West Point (as Agulhas Negras dos EUA). Mas não há registro desta oferta e seria estranho, uma vez que West Point é gratuita (não há necessidade de bolsa).

É possível, sim, que algum membro de West Point tenha sondado Carson. Faz quase 50 anos. Vai saber. E ele se formou em Yale, uma das melhores universidades americanas, e se tornou um ultra bem sucedido neurocirurgião. O mesmo vale para outros episódios da vida dele que vem sendo questionados. Carson, porém, não pode achar que apenas ele é alvo destes ataques do passado – todos os candidatos são. A diferença é que ele não está acostumado a ser político.

Além disso, uma das reportagens foi do Wall Street Journal, um jornal que abertamente apoia os republicanos – assim como o New York Times é quem mais traz reportagens anti-Hillary, mesmo sendo pró-democratas. O problema de Carson está em algumas declarações polêmicas sobre homossexuais, muçulmanos, judeus, sobre produtos questionáveis e até sobre as pirâmides do Egito. Mais grave, é o despreparo dele para conduzir os EUA. Não percam tempo com Carson – nem com Trump.

Os republicanos possuem bons candidatos para quem foi eleitor de um republicano moderado (John Kasich, bem sucedido governador de Ohio), republicano centrista (Marco Rubio, um jovem e carismático senador pela Florida) e republicano conservador (Ted Cruz, um exímio debatedor e senador pelo Texas).

Com Rubio e Kasich, levando a Florida e Ohio (os dois mais importantes Swing States), os republicanos possuem uma grande chance de derrotar Hillary.

Obs. Este texto não significa que eu apoie os republicanos ou os democratas. Significa apenas que eu entendo que há republicanos e democratas e as pessoas possuem o direito de pensar como quiserem. Se a pessoa é genuinamente uma republicana conservadora (eu não sou, por exemplo), Ted Cruz é melhor do que Carson. Se for uma pessoa moderada, Kasich é melhor do que Chris Christie, governador de Nova Jersey. Se você for democrata, nenhum dos candidatos acima é indicado para você (mas vale a pena prestar atenção em Kasich)

Guga Chacra, blogueiro de política internacional do Estadão e comentarista do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários na minha página no Facebook. E comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco são permitidos ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor) e no Instagram