As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Não dá mais para tolerar a homofobia

gustavochacra

12 Junho 2016 | 14h02

O atentado terrorista em uma boate frequentada pela comunidade LGBT em Orlando, que deixou ao menos 50 mortos, foi motivado pela ideologia homofóbica. Esta pode sim ter origem ou não na religião. Há nações como a Arábia Saudita e Irã, islâmicas, e Uganda e Congo (cristãs) que consideram, por motivos religiosos, ser gay um crime. O ISIS (Grupo Estado Islâmico ou Daesh) mata gays – e talvez o terrorista tenha sido inspirado por esta organização. Nos EUA, na Europa e no Brasil, o discurso homofóbico também é propagado por alguns setores da sociedade e também políticos. Gays são agredidos em muitas cidades brasileiras e americanas.

De acordo com o próprio pai de Omar Mateen, identificado como o terrorista por órgãos de imprensa dos EUA, seu filho ficou com ódio dos homossexuais ao ver casais gays em Miami e se radicalizou nesta questão. Alimentado por este sentimento repugnante, este terrorista, que queria apenas odiar, matou 50 pessoas, que apenas queriam se divertir.

Não dá mais para tolerar a homofobia, independentemente de a origem de esta ser religiosa ou não. Minha solidariedade com as vítimas e seus parentes.

Guga Chacra, blogueiro de política internacional do Estadão e comentarista do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários na minha página no Facebook. Peço que evitem comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores. Também evitem ataques entre leitores ou contra o blogueiro.  Não postem vídeos ou textos de terceiros. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a minha opinião e não tenho condições de monitorar todos os comentários

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor) e no Instagram