As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O filme KONY 12 e como apenas nos preocupamos com o Oriente Médio e não com a África

gustavochacra

09 de março de 2012 | 13h21

É difícil saber hoje de alguém no Brasil que não saiba dos massacres das forças de Bashar al Assad na Síria ou de Muamar Kadafi na Líbia. Bin Laden é tão ou mais famoso do que Pelé. Mas vocês conhecem o Kony, na África? Ele é simplesmente o maior criminoso de guerra do mundo, segundo o Tribunal Penal Internacional, em Haia. Assistam um dos mais impressionante documentários sobre crimes contra a humanidade. Desde segunda, mais de 50 milhões de pessoas assistiram. Também há muitas críticas ao filme. Mas, convenhamos, pela cobertura da Primavera Árabe até agora, é difícil não encontrar falhas em qualquer cobertura.

Também vale assistir algumas respostas ao vídeo, como esta

E, por último, uma explicação do New York Times sobre o vídeo