As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Al Qaeda domina o mais poderoso grupo anti-Assad na Síria

gustavochacra

10 de abril de 2013 | 18h00

Vejam meus comentários sobre IRàe sobre a COREIA DO NORTE no Jornal das Dez da Globo News

Leia os últimos posts

É DEPRIMENTE HAVER UM GP DE FORMULA 1 EM BAHREIN

VOCÊ PODE VIAJAR PARA A COREIA DO SUL

EUA E ASSAD TÊM O MESMO INIMIGO

O QUE O PASTOR FELICIANO, A IRMANDADE E O HAMAS TÊM EM COMUM 

Não existe mais discussão. O principal grupo armado da oposição a Bashar al Assad na Síria, conhecido como Frente Nusra, declarou lealdade à Al Qaeda e prega abertamente a destruição de Israel. Não é surpresa para quem acompanha a guerra civil síria. Mas deixa claro que os defensores de um apoio armado aos rebeldes precisam pensar muito antes de agir. Basta ver o que aconteceu no Afeganistão nos anos 1980. A chance de se repetir em escala pior em Damasco é imensa.

Verdade seja dita, a administração de Barack Obama nunca caiu no conto das facções militares da oposição da Síria. Washington pode ser contra Bashar al Assad por seus crimes contra a humanidade, mas vê com enorme ceticismo os rebeldes armados que lutam contra o regime. Especialmente porque os melhores resultados no campo militar vem de ações terroristas realizadas pela Frente Nusra.

Conforme escrevi aqui outro dia, os sírios hoje, mesmo sonhando com a democracia, estão no meio de um conflito envolvendo uma das mais sanguinárias ditaduras do século 21 e uma oposição armada que inclui facções ligadas a uma rede terrorista responsável pela morte de milhares de pessoas ao redor do mundo.

Honestamente, a Síria de hoje é pior do que o Líbano dos anos 1980.

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antisemitas e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus. Escrevam para mim no  gugachacra at outlook.com. Leiam também o blog do Ariel Palacios

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.