As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O que vocês querem leitores extremistas pró-Israel e pró-Palestina?

gustavochacra

01 de julho de 2014 | 17h15

Sinto muito leitor extremista, mas mesmo se você odiar os israelenses, eles continuarão existindo. Podem cometer mais milhares de atentados terroristas e lançar um milhões de foguetes vagabundos a partir de Gaza. Mas eles estarão lá, em Tel Aviv, em Haifa, em Jerusalém. E se você odiar os palestinos, sinto muito, mas eles continuarão existindo. Podem construir mais milhares de casas em assentamento na Cisjordânia, bombardear Gaza de Copa em Copa do Mundo e prender centenas de membros do Hamas. Mas eles estarão em Ramallah, Nablus e Jerusalém Oriental.

Vocês tem a opção de continuar se odiando para sempre. Haverá seus defensores. Tenham certeza. Com o tempo, claro, os maiores defensores de Israel serão os mais islamofóbicos. E os maiores defensores dos palestinos serão os mais antissemitas.

Para vocês, leitores extremistas, não interessa quem morre. Interessa quem é o algoz. Sua maior diversão é dizer que os israelenses são os maiores assassinos do mundo ou, do outro lado, que os palestinos são os maiores assassinos do mundo. Para você leitor extremista do lado palestino no Brasil, é uma vitória quando Israel bombardeia Gaza e morre uma criança. Você pode dizer e mostrar foto dos israelenses e dizer que eles são assassinos. E para você leitor extremista do lado israelense no Brasil, é uma vitória quando três jovens são mortos porque você pode chamar os palestinos de terroristas.

Suas narrativas são distintas e vocês nunca conseguirão convencer o outro lado.

Não sei como faz para publicar comentários. Portanto pediria que comentem no meu Facebook (Guga Chacra)  e no Twitter (@gugachacra), aberto para seguidores

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus. Escrevam para mim no gugachacra at outlook.com. Leiam também o blog do Ariel Palacios

Tendências: