As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Para entender o futuro da civilização, vale a pena ler Nick Bostrom

gustavochacra

25 de novembro de 2015 | 18h44

Sei que falo muito de Assad, de Putin, de Erdogan, de Obama, de Netanyahu e de muitos outros líderes envolvidos nos conflitos no Oriente Médio. Mas, aproveitando que as pessoas hoje estão mais sintonizadas na Operação Lava Jato no Brasil, queria recomendar que todos dessem um “Google” em Nick Bostrom.

Para quem não sabe, Nock Bostrom é diretor do Future of the Humanity Institute (Instituto do Futuro da Humanidade), da Universidade de Oxford, uma das melhores do mundo. Junto com dezenas de cientistas de diferentes áreas, ele pensa em como será o mundo no futuro próximo e, acima de tudo, distante.

Suas ideias são extremamente provocadoras e fundamentais para qualquer pessoa que se preocupe com o futuro da civilização. Em meio a guerras e crises ao redor do mundo, acho que devemos observar riscos ainda maiores para a humanidade, como o momento, relativamente próximo, quando a inteligência artificial ultrapassar a humana.

Sempre fui fã de Bostrom. E, entre os seguidores dele, estão os fundadores do Google, Bill Gates e Elon Musk (dono da Tesla, SpaceX e SolarCity). A Casa Branca e governo ao redor do mundo convidam constantemente Bostrom para consultas sobre o que está por vir.

Há uma semana, a revista New Yorker publicou um longo perfil de Bostrom, explicando as ideias dele. Vale a leitura (link no blog). E também visitar o site dele. Ou assistir ao TED Talk dele

Guga Chacra, blogueiro de política internacional do Estadão e comentarista do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários na minha página no Facebook. E comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco são permitidos ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor) e no Instagram